icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
13/02/2015
22:26

Depois de perder quatro partidas consecutivas, o Franca Basquete voltou a vencer no NBB 7. Nesta sexta-feira, o time comandado pelo técnico Lula Ferreira se superou e conseguiu uma importante vitória, em casa, diante do Rio Claro Basquete, por 72 a 61.

Com o resultado positivo, os francanos se mantiveram na sétima colocação na tabela de classificação do NBB, com uma campanha de 12 vitórias em 23 jogos (52,1% de aproveitamento).

O pivô Leozão foi o grande destaque da equipe francana ao anotar um duplo-duplo de 14 pontos e 11 rebotes. Além dele, outros quatro atletas da equipe da casa anotaram mais de 10 pontos na partida: Juan Pablo Figueroa (13), Carlos de Cobos (13), Lucas Mariano (12) e Helinho (10).

A partida foi equilibrada durante todo o jogo e os francanos só conseguiram levar vantagem diante do oponente no último quarto, quando o técnico Lula Ferreira apostou na armação tripla em quadra. Com Helinho, Cobos e Figueroa juntos, os donos da casa souberam administrar a diferença alcançada (sete pontos) para finalizar a partida.

Com a derrota, o Rio Claro se complicou na tabela de classificação e ficou a apenas uma vitória de vantagem do último colocado, a Liga Sorocabana, que superou, nesta rodada, o Unitri/Pilhas Energizer, fora de casa.

O ala Caio Ranches foi o cestinha da equipe visitante no jogo, com 14 pontos.

FRANCA SE REABILITA 

As duas equipes sentiram a falta de seus principais pontuadores. Os alas Marcos Mata, pelo lado do Franca, e Duda Machado, pelo Rio Claro, não entraram em quadra por estarem lesionados, e ambos os times tiveram um início complicado no setor ofensivo.

O Rio Claro, principalmente, acertou apenas dois arremessos de quadra em 11 tentativas no primeiro quarto. Os francanos também não conseguiram fazer o jogo fluir, mas aproveitaram um pouco mais os arremessos e garantiram a liderança. O armador Helinho matou uma bola de 3 no final do período que colocou o time da casa com uma boa diferença no marcador (14 a 8).

Os visitantes acertaram a mão na etapa seguinte e embalaram uma sequência de 11 a 1, passando à frente do marcador (19 a 15). O Franca até demorou para engrenar, mas o armador Juan Pablo Figueroa foi fundamental para que o time entrasse no jogo de novo. Com uma cesta seguida de falta, mais o lance livre certo, o argentino empatou a partida (25 a 25). Momentos mais tarde, os donos da casa levantaram a torcida no Pedrocão, quando conseguiram a virada, com André Coimbra, 29 a 27.

O Rio Claro voltou a liderar o jogo no terceiro quarto. Com boas atuações no jogo interno, com o pivô Lucas Tischer, e nos arremessos de fora, com Caio Ranches e Brandon Brown, os visitantes ficaram na frente por quase todo o período. Os francanos conseguiram uma reação nos últimos lances da etapa para virar o placar (47 a 46).

Os francanos ganharam moral e no início do quarto período abriram sua maior vantagem no jogo inteiro, sete pontos (57 a 50). O Rio Claro encaixou duas bolas de 3 pontos e conseguiu diminuir a diferença para quatro pontos (62 a 58), mas não havia quem tirasse a vitória dos mandantes.

Com três armadores na quadra, Helinho, Figueroa e Cobos, o Franca soube administrar a frente do marcador e não permitiu que o adversário ousasse recuperar a liderança, fechando o confronto por 72 a 61.