icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
25/02/2015
22:14

O Rio Claro Basquete voltou a acreditar na possibilidade de classificar para os playoffs do NBB. Nesta quarta-feira, o time paulista superou seu adversário direto na tabela de classificação, o Basquete Cearense, em casa, por 92 a 83, e ficou a dois jogos do grupo dos 12 primeiros colocados.

O time rio-clarense alcançou sua sexta vitória em 24 jogos (25% de aproveitamento) e ficou a apenas um triunfo do rival nordestino e do Unitri/Pilhas Energizer e a dois resultados positivos do Macaé Basquete, último time na área de avanço à próxima fase da competição.

O ala espanhol Alvaro Calvo foi o cestinha do jogo com 25 pontos, seguido pelo armador Eric Tatu, que anotou 21. O armador Brandon Brown e o ala Caio Ranches também foram destaque pelo time da casa, com 17 e 12 pontos, respectivamente.

Mesmo com a derrota, o Basquete Cearense continua confiante na luta por uma das vagas para os playoffs do NBB. O time do Nordeste possui uma campanha de sete vitórias em 24 jogos disputados (29,1% de aproveitamento). O resultado também acabou com a sequência de três vitórias que a equipe mantinha nas últimas rodadas da competição.

O time de Fortaleza contou com as boas atuações de Rashaun e Andrezão, que anotaram 17 e 15 pontos, respectivamente.

VITÓRIA PARA DAR FÔLEGO

Foi o Rio Claro que começou a partida ditando o ritmo. Com boa atuação do ala Caio Ranches, o time da casa abriu 10 pontos de diferença logo nos primeiros minutos (14 a 4). Aos poucos, o Basquete Cearense foi se soltando e nos momentos finais do período equilibrou o confronto, tendo o ala norte-americano Rashaun como destaque.

Na penúltima bola da etapa inicial, o Basquete Cearense conseguiu a virada, com uma cesta de 3 do pivô Tiagão (19 a 17). Porém, o Rio Claro foi capaz de empatar o jogo antes de finalizar o período (19 a 19).

Logo no começo da segunda etapa, o ala do Basquete Cearense, Fernando Fischer, anotou uma bola de 3 pontos que marcou o seu 500º triplo da carreira no NBB, feito que apenas três atletas alcançaram até hoje: Marcelinho Machado (729), Shamell (558) e Nezinho (553).

O lance motivou, sem dúvida, o time cearense, que liderou o placar durante todo o segundo quarto. O ala Victor Gusmão veio bem do banco de reservas e ajudou a equipe visitante a colocar oito pontos de vantagem no placar (30 a 22). No final do período, os paulistas reagiram e após uma bandeja de Brandon Brown, no estouro do cronômetro, diminuíram a diferença para apenas cinco pontos antes do intervalo (40 a 35).

As bolas de fora fizeram toda a diferença para os donos da casa no terceiro quarto. Brigando para recuperar a liderança a cada posse de bola, o Rio Claro conseguiu a virada com uma cesta de 3 de Caio Ranches (52 a 50). Momentos mais tarde, Eric Tatu acertou mais um triplo, que ampliou a diferença para cinco pontos (57 a 52).

O Basquete Cearense não se intimidou com a reação do adversário e encostou no placar nos momentos finais, que terminou com vantagem paulista por 60 a 58.

Com boa entrada do ala Cícero, o Rio Claro conseguiu abrir boa frente em cima do adversário logo nos primeiros minutos do último quarto. Os donos da casa chegaram a colocar 10 pontos de diferença no placar (71 a 61). A equipe do Ceará ainda lutou para tentar a reação, mas a experiência do elenco paulista não permitiu que o oponente conseguisse encostar mais no placar.