icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
27/07/2013
20:15

Quando estava no Paris Saint-Germain, o técnico Carlo Ancelotti já desejava a contratação de Cristiano Ronaldo. Acabou que o italiano foi encontrar o português no Real Madrid, e ele já demonstra-se encantado com as qualidades da principal estrela merengue nas últimas temporadas.

- Já treinei muitos jogadores, vários cheios de talento, mas Cristiano Ronaldo é um fenômeno. Ele tem um talento incrível e um preparo físico sensacional - admitiu Carlo Ancelotti em entrevista coletiva em Gotemburgo, aonde o Real enfrentou justamente o PSG.

Ancelotti ainda admitiu que a cobrança no Real Madrid é maior do que no clube francês, embora as aspirações sejam as mesmas.

- Aqui tenho os mesmos objetivos que tinha no PSG, com a diferença de que o Real Madrid é o maior clube de todos os tempos. Neste clube tem de se estar bem em todas as competições, em especial no Campeonato Espanhol e na Liga dos Campeões. É claro que queremos os títulos, mas não será fácil, os outros também querem - concluiu.

Quando estava no Paris Saint-Germain, o técnico Carlo Ancelotti já desejava a contratação de Cristiano Ronaldo. Acabou que o italiano foi encontrar o português no Real Madrid, e ele já demonstra-se encantado com as qualidades da principal estrela merengue nas últimas temporadas.

- Já treinei muitos jogadores, vários cheios de talento, mas Cristiano Ronaldo é um fenômeno. Ele tem um talento incrível e um preparo físico sensacional - admitiu Carlo Ancelotti em entrevista coletiva em Gotemburgo, aonde o Real enfrentou justamente o PSG.

Ancelotti ainda admitiu que a cobrança no Real Madrid é maior do que no clube francês, embora as aspirações sejam as mesmas.

- Aqui tenho os mesmos objetivos que tinha no PSG, com a diferença de que o Real Madrid é o maior clube de todos os tempos. Neste clube tem de se estar bem em todas as competições, em especial no Campeonato Espanhol e na Liga dos Campeões. É claro que queremos os títulos, mas não será fácil, os outros também querem - concluiu.