icons.title signature.placeholder Bruno Grossi e Marcio Porto
06/07/2014
19:00

Os passos curtos de Carlos Miguel Aidar pelos corredores do Morumbi pareciam totalmente opostos a sua interminável empolgação com a chegada de Kaká. Na manhã deste domingo, o mandatário tricolor pôde comprovar sua teoria de que o meia tem "todos os dentes na boca" e se encheu de orgulho ao ver a maior contratação de sua era mostrar educação e simpatia com torcida e imprensa. E em idiomas diferentes.

Sempre com um sorriso largo, Kaká não deixou de atender nem sequer um dos sortudos torcedores que puderam acompanhar a apresentação no Salão Nobre do Morumbi após festa no gramado. No tratamento com os jornalistas, respostas sempre coesas, atenção e educação para evitar ou encerrar determinados assuntos.

O técnico Muricy Ramalho tem exaltado constantemente a procura do clube por atletas de comportamente diferenciado fora de campo. E Kaká seguiu apresentando provas de que é o expoente dessa filosofia. A jornalistas mexicano e chinês, respondeu em espanhol. A uma equipe de televisão da Itália, usou o italiano. Na última terça-feira, se apresentou ao Orlando City nos Estados Unidos com inglês fluente.

Ao final da entrevista coletiva no Salão Nobre, o desempenho de Kaká diante de câmeras e microfones era motivo de orgulho para os dirigentes do São Paulo. A satisfação permitiu até brincadeiras sobre a polêmica declaração dada por Aidar em abril sobre a aparência, a educação e os dentes do novo craque tricolor.