icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
29/07/2013
13:43

Suspenso, o zagueiro e capitão da Chapecoense, Rafael Lima, ficou fora da vitória por 3 a 1, no clássico contra o Avaí, que valeu para o time de Chapecó a liderança isolada da Série B, com um jogo a menos. De volta nesta terça-feira, o defensor, além de defender a primeira colocação da equipe, vai enfrentar seu ex-clube, o Ceará.

- Será um jogo muito difícil pela qualidade individual dos jogadores deles. Mas, tenho certeza que eles vão nos respeitar, assim como nós os respeitaremos. - disse o atleta que, acostumado a atuar pelo Vovô, ressaltou as dificuldades que o Verdão do Oeste terá no jogo - Temos que ir preparados para enfrentar a torcida deles. É fanática e joga junto. Além disso, podemos sofrer um pouco com o calor, pois saímos de uma temperatura negativa (os termomêtros registraram -2º C em Chapecó) e vamos para o nordeste brasileiro, que é muito quente.

A Chapecoense segue contrariando os prognósticos, e é líder invicta na Segundona, com 23 pontos em nove partidas, ou seja, aproveitamento de 85% na competição. Contra o Ceará, os comandados de GIlmar dal Pozzo continuam tentando mostrar ao público que são uma realidade, e não um cavalo paraguaio, apenas.

Suspenso, o zagueiro e capitão da Chapecoense, Rafael Lima, ficou fora da vitória por 3 a 1, no clássico contra o Avaí, que valeu para o time de Chapecó a liderança isolada da Série B, com um jogo a menos. De volta nesta terça-feira, o defensor, além de defender a primeira colocação da equipe, vai enfrentar seu ex-clube, o Ceará.

- Será um jogo muito difícil pela qualidade individual dos jogadores deles. Mas, tenho certeza que eles vão nos respeitar, assim como nós os respeitaremos. - disse o atleta que, acostumado a atuar pelo Vovô, ressaltou as dificuldades que o Verdão do Oeste terá no jogo - Temos que ir preparados para enfrentar a torcida deles. É fanática e joga junto. Além disso, podemos sofrer um pouco com o calor, pois saímos de uma temperatura negativa (os termomêtros registraram -2º C em Chapecó) e vamos para o nordeste brasileiro, que é muito quente.

A Chapecoense segue contrariando os prognósticos, e é líder invicta na Segundona, com 23 pontos em nove partidas, ou seja, aproveitamento de 85% na competição. Contra o Ceará, os comandados de GIlmar dal Pozzo continuam tentando mostrar ao público que são uma realidade, e não um cavalo paraguaio, apenas.