icons.title signature.placeholder Felipe Domingues e Guilherme Cardoso
11/11/2014
08:43

A temporada 2014 da Fórmula 1, certamente não ficará gravada na memória de quatro dos cinco campeões da categoria atualmente no grid: o espanhol Fernando Alonso, o finlandês Kimi Raikkonen, o inglês Jenson Button e o alemão Sebastian Vettel. Juntos, eles somam incríveis oito títulos Mundiais, mas nesse ano, não conquistaram uma vitória sequer.

Esse fato certamente deve assombrar a mente das quatro figuras, visto que desde 2003, ao menos um deles vence na temporada.

As Ferraris de Alonso e Raikkonen, em 2014, alcançaram como melhor posição um segundo lugar do espanhol, na Hungria. O finlandês tem apenas uma quarta colocação, na Bélgica. Vida dura.

– Ficamos frustrados de estar nessa posição novamente. Mas do lado pessoal, foi minha melhor temporada. É estranho dizer, porque os resultados são fracos e só com dois pódios no ano, mas tive muito mais desafios nesse ano. Trabalhei no meu melhor esse ano – comentou Alonso, durante o GP do Brasil, em Interlagos.

Já na McLaren, Button começou o ano bem, com um terceiro lugar na Austrália, mas seu carro não manteve o ritmo e decaiu a cada corrida.

– A temporada mostra tudo. Mas não creio que tenho algo a provar. Sou campeão do mundo e estou aqui há 15 anos. Tudo que posso fazer é correr. Eu adoro isso – falou Button.

Vettel vive um ano de mudanças. Nas últimas temporadas, o alemão dominou a Fórmula 1, com quatro títulos seguidos. Dessa vez, viu seu domínio cair e, de quebra, ficou sem nenhuma vitória pela primeira vez desde seu ano de estreia, em 2007.

Porém, a falta de boas atuações não acomodou os campeões. Alonso deve deixar a Ferrari no próximo ano, assim como Vettel vai sair da Red Bull. Raikkonen quer uma posição de maior destaque na escuderia italiana. Já Button, por sua vez, é o único com sequência incerta na F-1.

– Obviamente, quero ter bons resultados. Mas não estou preocupado se continuarei aqui ou não. Quero entrar no próximo ano e fazer as coisas darem certo. Quero voltar a lutar por vitórias – comentou Raikkonen.

A Fórmula 1, neste ano, viu apenas três vencedores e um domínio da Mercedes. Porém, tudo indica que a próxima temporada trará quatro campeões com fome de vitórias.

Entenda o momento de baixa dos campeões em números:

Sebastian Vettel
Atual campeão da Fórmula 1, conquistou os títulos de 2010, 2011, 2012 e 2013 com a Red Bull. Mas, pela primeira vez desde sua estreia (2007), pode passar um ano “em branco”.

......................

Jenson Button
Ficou com o título da temporada 2009, com a Brawn, e estreou na F-1 em 2000. Sua primeira vitória veio em 2006, com mais três anos em baixa: 2007, 2008 e 2013.

......................

Kimi Raikkonen
O campeão de 2007 pela Ferari começou sua carreira em 2001, vencendo pela primeira vez em 2003. Desde então, ficou sem ganhar nenhuma corrida apenas na temporada 2006. O finlandês deixou a F-1 por dois anos (2010 e 2011), mas voltou com triunfos em 2012 e 2013.

......................

Fernando Alonso
O espanhol estreou na Fórmula 1 em 2001, e encontrou sucesso na Renault, quando venceu sua primeira corrida em 2003. Após não triunfar no ano seguinte, foi bicampeão, em 2005 e 2006. Desde então, passou apenas um ano sem conquistar nenhuma vitória, na temporada de 2009.