icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
10/07/2014
16:18

O atacante Léo, de 30 anos, com passagens pelo Internacional, Juventude, Paulista, Figueirense, Comercial, Marília e Bragantino, está de volta ao clube que o projetou para o futebol brasileiro. O vínculo com o Guarani irá até o final desta temporada. O acordo aconteceu na manhã desta quinta-feira, após uma reunião entre o treinador Evaristo Piza e o diretor de futebol do clube, Sérgio do Prado.

A apresentação do novo contratado será nesta sexta-feira, no estádio Brinco de Ouro da Princesa. O atacante revelado nas divisões de base do clube campineiro, já se colocou à disposição para participar de um jogo-treino, diante do Vasco da Gama, em Atibaia.

O jogador se destacou no Campeonato Brasileiro de 2003, ano em que o Bugre amargou o rebaixamento para a Série B. Naquela ocasião, o jovem atleta ficou conhecido, quando marcou dois dos três gols da vitória sobre o Corinthians, em pleno Pacaembu. Léo era visto na época, como uma promessa para o futebol brasileiro.

Em entrevista ao site oficial do clube, o técnico Evaristo Piza destacou a qualidade do novo reforço e comentou que o clube estava precisando de um atacante velocista.

- O Léo tem história no Guarani, é experiente, conhece bem o Clube, e só não vinha jogando por opção própria, depois de uma transferência que não deu certo para a Turquia. As características enquanto jogador também atendem nossa necessidade no momento, pois precisávamos de mais um velocista no setor de ataque - disse o comandante.

Antes de embarcar com a delegação para Atibaia, o jogador falou sobre a expectativa para o restante da temporada e fez questão de agradecer o pai do atual comandante bugrino.

- Estou com 30 anos, sendo que dez deles vivi no Brinco de Ouro. Ainda jovem, o Seu Júlio (de Toledo Piza), foi meu treinador na base e conheço o Evaristo Piza faz muito tempo, da  faculdade, que fizemos juntos, e das ‘peladas’ que jogamos por aí - encerrou.