icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
02/11/2013
17:24

A primeira vitória em casa na Superliga Feminina pode ter sido o combustível que o Brasília Vôlei precisava para embalar na temporada. É o que espera a levantadora Camilla Adão, eleita a melhor em quadra na vitória sobre o Rio do Sul/Equibrasil por 3 a 1, na última sexta-feira.

- Uma vitória em casa, com a nossa torcida, vai ser importante para embalar o time. Temos feito bons jogos, mas estávamos com dificuldade de fechar o jogo. Agora, é trabalhar mais e mais para melhorar cada vez mais. Estamos no caminho certo - avaliou Camilla.

Atualmente na oitava posição na tabela da Superliga, o Brasília amargou um início preocupante, com derrotas para adversários de menor investimento. O desempenho em quadra vinha refletindo a pequena quantidade de jogos disputados em comparação aos rivais. Agora, o ritmo de jogo começa a aparecer.

- Estou feliz porque a vitória foi reflexo de um trabalho em grupo. Nós precisávamos muito dela. Sabemos do nosso potencial e estamos evoluindo bem a cada jogo - afirmou a levantadora.

Pelo lado de Rio do Sul, a ponteira Natiele, maior pontuadora do jogo, com 20 acertos, fez uma avaliação positiva, apesar da derrota:

- Foi um jogo bom, bem disputado e não podemos tirar o mérito do time delas, que entrou disposto a conseguir essa vitória em casa. A nossa equipe ainda errou em alguns momentos, mas temos que levantar a cabeça e pensar no próximo jogo.