icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
10/07/2013
17:23

O tenista Thomas Bellucci (56º no ranking da ATP) vai ter trabalho dobrado nesta quinta-feira, no ATP 250 de Stuttgart (ALE). O brasileiro vai entrar em quadra pelos torneios de simples duplas. Vale lembrar que ele ainda luta pelo primeiro título na temporada.

Primeiro, o brasileiro encara o russo Victor Hanescu (51º), pelas oitavas de final, às 5h50 (horário de Brasília). Horas depois, ele entra em quadra pelo torneio de duplas ao lado do argentino Facundo Banis. Por volta das 10h30, eles encaram alemães Tommy Haas e Robin Kern, convidados pela organização.

- Estou muito motivado e feliz com a maneira que estou conseguindo jogar aqui em Stuttgart, solto e tranquilo, tentando buscar o meu melhor tênis depois desse tempo todo fora das quadras - afirmou o tenista.

Bellucci ficou dois meses sem competir por causa de uma lesão abdominal. A competição na Alemanha é a primeira depois de passar por um período de recuperação. Por conta da ausência nas competições, o brasileiro caiu no ranking da ATP. Após figurar na 32ª posição no início do ano, ele agora é o 56º.

O tenista Thomas Bellucci (56º no ranking da ATP) vai ter trabalho dobrado nesta quinta-feira, no ATP 250 de Stuttgart (ALE). O brasileiro vai entrar em quadra pelos torneios de simples duplas. Vale lembrar que ele ainda luta pelo primeiro título na temporada.

Primeiro, o brasileiro encara o russo Victor Hanescu (51º), pelas oitavas de final, às 5h50 (horário de Brasília). Horas depois, ele entra em quadra pelo torneio de duplas ao lado do argentino Facundo Banis. Por volta das 10h30, eles encaram alemães Tommy Haas e Robin Kern, convidados pela organização.

- Estou muito motivado e feliz com a maneira que estou conseguindo jogar aqui em Stuttgart, solto e tranquilo, tentando buscar o meu melhor tênis depois desse tempo todo fora das quadras - afirmou o tenista.

Bellucci ficou dois meses sem competir por causa de uma lesão abdominal. A competição na Alemanha é a primeira depois de passar por um período de recuperação. Por conta da ausência nas competições, o brasileiro caiu no ranking da ATP. Após figurar na 32ª posição no início do ano, ele agora é o 56º.