icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
18/06/2014
12:30

A Itália enfrentará a Costa Rica na próxima sexta-feira, ás 13h, na Arena Pernambuco, pelo Grupo D. Visando o confronto, o comandante italiano Cesare Prandelli provavelmente fará alterações em sua equipe titular. Além da volta de seu capitão, Gianluigi Buffon, Prandelli deve promover a entrada de Thiago Motta no lugar de Verratti e Abate no lugar de Palleta. 

Buffon não jogou na primeira partida contra a Inglaterra, quando a Itália venceu por 2 a 1, por conta de uma lesão no tornozelo esquerdo. Sirigu o substituiu a altura, fazendo uma grande partida diante dos ingleses. Apesar da boa atuação, Sirigu dará lugar ao capitão italiano, que participará de sua quinta Copa do Mundo na carreira.

Mais mudanças

As outras mudanças na equipe italiana devem acontecer na zaga e no meio campo. Palleta, que jogou de zagueiro no último jogo, dará lugar a Abate. Chiellini jogou improvisado na lateral esquerda, já que o titular da posição, De Sciglio, se machucou antes da estreia da Azzurra na Copa. Com as mudançãs, Chiellini voltará a zaga italiana, Abate assumirá a lateral direita, lugar que Darmian jogou na primeira partida, e o próprio Darmian jogará na lateral esquerda, pela facilidade que o jogador tem de atuar nos dois lados do campo.

Chance para o ''brasileiro''

Já no meio campo, Thiago Motta, brasileiro naturalizado italiano, e Verratii disputam uma vaga na cabeça de área, até por conta do cansaço do jovem volante, que confessou sentir ''alucinações'' na partida em Manaus. O técnico Cesare Prandelli gostou da entrada de Thiago Motta no lugar de Verratti, ambos jogadores do PSG. O comandante frisou a melhora no poder de marcação da equipe, sem perder muito na parte técnica, já
que Motta tem boa qualidade no passe também.



Costa Rica quer surpreender mais uma vez

A Costa Rica vem de uma vitória empolgante contra o Uruguai. A seleção costarriquenha 'aprontou' para cima da Celeste e virou a partida que estava perdendo por 1 a 0, para 3 a 1. A zebra deu confiança para a equipe do técnico Jorge Luis Pinto e o comandante quer surpreender também a Itália, mas pregando atenção e cautela.

- Estamos preparados. Contra o Uruguai, já tivemos de ter o cuidado com a bola parada. Com a Itália também será assim. Estaremos atentos - resume o treinador.