icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
29/07/2013
11:28

Vinte anos após de Ayrton Senna encerrar seu vínculo com a McLaren, seu sobrinho voltou a colocar o sobrenome dentro de um carro da equipe britânica. Bruno Senna correu as 24 Horas de Spa-Francorchamps com uma McLaren MP4-12 C, válida pela “Blancpain Endurance Series”, campeonato europeu para carros esportivos de alta performance.

O brasileiro chegou na oitava colocação na classe PRO, 15º na classificação geral. Bruno Senna fez apenas uma participação especial na prova ao lado dos parceiros de time Rob Barff e Chris Goodwin.

A prova foi vencida pelo trio alemão Bernd Schneider, Maximilian Buhk e Maximilian Götz, que cruzou a linha de chegada com o Mercedes SLS AMG, com uma volta de vantagem sobre o Porsche 997 GT3 R de Marc Lieb, Richar Lietz e Patrick Pillet.



Vinte anos após de Ayrton Senna encerrar seu vínculo com a McLaren, seu sobrinho voltou a colocar o sobrenome dentro de um carro da equipe britânica. Bruno Senna correu as 24 Horas de Spa-Francorchamps com uma McLaren MP4-12 C, válida pela “Blancpain Endurance Series”, campeonato europeu para carros esportivos de alta performance.

O brasileiro chegou na oitava colocação na classe PRO, 15º na classificação geral. Bruno Senna fez apenas uma participação especial na prova ao lado dos parceiros de time Rob Barff e Chris Goodwin.

A prova foi vencida pelo trio alemão Bernd Schneider, Maximilian Buhk e Maximilian Götz, que cruzou a linha de chegada com o Mercedes SLS AMG, com uma volta de vantagem sobre o Porsche 997 GT3 R de Marc Lieb, Richar Lietz e Patrick Pillet.