icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
29/07/2014
14:39

Charles do Bronx voltará a pisar no octógono do UFC em setembro. Tão logo voltou ao Brasil após finalizar o japonês Hatsu Hioki, no UFC Fight Night 43, na Nova Zelândia, com um triângulo de mão, o atleta teve seu pedido aceito pelo UFC e terá a chance de lutar novamente contra Nik Lentz. O duelo será no dia 5 de setembro, no UFC: Mousasi x Jacaré, em Connecticut, nos Estados Unidos, dessa vez pela categoria peso-pena.

A luta contra Lentz era muito esperada pelo lutador paulista, que teve a vitória sobre o norte-americano em junho de 2011 revertida em No Contest. Na ocasião, Do Bronx teve o braço erguido, mas a organização comunicou que os juízes viram uma joelhada ilegal sobre o oponente, alterando o resultado pouco tempo depois. No entanto, ele não encara o novo duelo como revanche, mas como nova oportunidade de mostrar seu potencial.

- Quero que fique claro que não tenho raiva nenhuma do Nik Lentz. Essa luta é tão boa para mim quanto para ele, apesar do ‘No Contest’, daquela outra ocasião. Fiquei feliz de o UFC ter atendido ao meu apelo e acredito que o Nik também. Acho que vai ser uma boa luta, quem viu nossa primeira disputa, viu uma guerra, com os dois andando para frente o tempo todo e querendo a vitória - disse.

Na primeira luta entre os dois, ambos competindo entre os pesos leves. No segundo round, acabou acertando uma joelhada acidental no rosto de Lentz, que estava com três apoios no chão, e seguiu para a finalização derradeira por mata-leão. O UFC, à ocasião, premiou a luta como a melhor da noite.

A vitória sobre Hioki no último confronto de Charles do Bronx, além de ter rendido o prêmio de performance da noite, serviu para colocá-lo entre os top 15 da categoria dos penas. Figurando na 14ª colocação, o lutador garante que ainda quer evoluir mais, porém não escondendo a felicidade de aparecer entre os melhores pela primeira vez.

- Estar entre os melhores foi algo que sempre busquei e sonhei, mas ainda quero mais. Vencendo o Lentz, que também está entre os melhores (9º colocado) acho que avanço ainda mais neste ranking. Quero mais e sei que posso conseguir - comentou.