icons.title signature.placeholder LANCE!Bizz
10/06/2014
16:09

A briga entre as gigantes do segmento esportivo Nike e Adidas se acirra durante grandes eventos esportivos e é uma mostra de como a Internet vem ganhando espaço em relação à TV no mercado. Ambas as companhias privilegiaram as ações online em suas campanhas voltadas para a Copa deste ano em detrimento dos investimentos em TV.

Segundo matéria publicada pela Bloomberg, as companhias irão investir US$ 68,5 bilhões em TV este ano, sendo que a verba para a Internet já chega a US$ 56 bilhões, de acordo com os dados da empresa de pesquisa eMarketer. Para se ter uma ideia do rápido avanço das ações online, há quatro anos, na Copa da África do Sul, a publicidade em TV correspondeu a mais que o dobro da online. E o mesmo levantamento aponta que os anunciantes investirão 17% a mais em ações na Internet do que em TV já no Mundial da Rússia, em 2018.

Assinado por Aaron Ricadela, o texto cita as ações das fabricantes de material esportivo para demonstrar esse movimento do mercado. A Nike, por exemplo, lançou recentemente um anúncio com Cristiano Ronaldo nas redes sociais YouTube e Facebook tendo alcançado 78 milhões de visualizações em quatro dias. E só depois disso é que o filme para a TV.

- Tenho certeza que o que lancei hoje estará no mundo inteiro num segundo - disse Trevor Edwards, presidente de marca da Nike, durante o lançamento da ação com Cristiano Ronaldo, em evento realizado em Madrid.

Já a Adidas gastará mais em promoções pela Internet do que na TV a partir da Copa deste ano, sendo que metade de seu investimento será destinado para ações online. Já na Copa de 2010, essa verba correspondeu a apenas 20% do orçamento de mídia. Segundo Herbert hainer, principal executivo da Adidas, a companhia preparou sua maior campanha de todos os tempos para a Copa deste ano e que ela 'será grandemente sustentada pela mídia social'.

A atenção que as fabricantes de material esportivo estão dando para a Internet é a estrutura montada por elas para este Mundial. A adidas instalou equipes de mídia em cinco cidades pelo mundo, entre as quais Xangai e Moscou, que terão redatores, diretores de filmes publicitários e fotógrafos de propaganda preparados para postar conteúdos em suas redes sociais. Já a rival Nike mobilizou 250 pessoas nos Estados Unidos, China, Brasil e outros países para postar informações, fotos e filmes na Internet durante o evento.

Veja abaixo o filme da Nike com Cristiano Ronaldo.