icons.title signature.placeholder Luis Fernando Ramos
05/11/2014
21:23

O brasileiro Felipe Nasr será piloto titular da equipe Sauber no ano que vem. O piloto vice-campeão da GP2 será o companheiro do sueco Marcus Ericson, que havia sido anunciado pela equipe no último final de semana, durante o GP dos Estados Unidos em Austin.

- É um sonho que acaba de se realizar. Uma coisa pela qual eu trabalhei muito. Se você pegar pilotos como Felipe Massa ou Kimi Raikkonen, eles começaram pela Sauber e tiveram chance de crescer a partir dali - afirmou o brasiliense, em entrevista à TV Globo.

O anúncio oficial por parte da equipe deve ser feito nesta quinta-feira. Pela vaga, Nasr venceu a concorrência de outros três pilotos: Esteban Gutierrez e Adrian Sutil, que defenderam o time nesta temporada; e Giedo Van der Garde, holandês que atuou como piloto de testes. Além do bom desempenho na GP2, pesou o apoio que o atleta trará para a equipe por meio do Banco do Brasil.

O desempenho discreto da equipe neste ano, ainda sem pontos marcados a duas etapas do final, não desanima o piloto brasileiro.

- Eles têm condições de construir um bom carro A equipe está bem estruturada, tem um bom túnel de vento e reúne todas as condições de obter um melhor resultado do que o deste ano, com certeza - afirmou, à Globo.

Antes de sua entrada na Sauber, Nasr ainda vai completar mais três compromissos com a equipe Williams: ele anda nos primeiros treinos livres em Interlagos e em Abu Dhabi, além de participar do primeiro dia de testes de pós-temporada da Fórmula 1, também no circuito de Yas Marina.

Em Austin, o piloto havia falado com a reportagem do LANCE!Net sobre sua determinação em conquistar uma vaga para o ano que vem:

- Me sinto completamente preparado. Este ano foi muito importante para entender procedimentos sobre como funciona um carro de Fórmula 1 e mesmo sobre o funcionamento da própria categoria. Ter feito este trabalho junto da Williams foi fundamental.