icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
28/12/2013
16:52

Após uma sequência de cinco vitórias seguidas na Superliga Masculina, o Vôlei Brasil Kirin poderá estender ainda mais a série antes do ano novo. Neste domingo, o time comandado por Alexandre Rivetti visitará o Voltaço Vôlei, às 19h, no Ginásio Ilha de São João, em compromisso válido pela segunda rodada do returno.

O Brasil Kirin ocupa a terceira colocação na tabela, com 26 pontos - cinco a menos do que Sada Cruzeiro e Sesi-SP. Na visão do oposto Rivaldo, o time soube dar a volta por cima após sofrer com problemas de contusão e chega agora confiante para buscar mais um triunfo.

- Conseguimos sair de uma situação complicada em que perdemos jogadores importantes por algumas rodadas e eu tive até que atuar como ponteiro. Num campeonato do nível da Superliga, é difícil vencer com este cenário, mas nós conseguimos. Isso nos fortaleceu e estamos em uma sequência boa - afirmou Rivaldo.

Do lado carioca, a campanha ainda está longe de agradar. O Voltaço amarga a penúltima posição e precisa somar pontos para diminuir a diferença de oito em relação ao São Bernardo, último ocupante do G8.

O técnico Alessandro Fadul já sente que seus comandados evoluíram, mas reconhece que falta atenção nos momentos decivisos das partidas.

- Fizemos grandes jogos, mas não conseguimos concretizar isso em vitórias. Tem ansiedade, algumas falhas individuais. Construímos partidas muito boas, sets a nosso favor, mas temos pecado em situações decisivas. Isso tem atrapalhado, mas estamos cientes do que estamos errando para que isso não aconteça mais - disse.