icons.title signature.placeholder Rodrigo Ciantar
25/03/2014
09:09

O Botafogo espera não apenas manter, mas aumentar a boa média de público no Maracanã nesta Copa Libertadores. Para isso, segundo explica a diretoria alvinegra, atendeu a uma reivindicação do próprio torcedor e diminuiu o preço dos ingressos, esperando ter a arquibancada lotada no próximo dia 2, contra o Unión Española (CHI), confronto que, dependendo do resultados no grupo, pode já garantir a classificação antecipada do time para as oitavas de final.

- Foi uma reivindicação do nosso torcedor, que estava pedindo isso, e na medida do possível o Botafogo tenta atender. O momento é muito bom na competição, temos perspectiva de uma classificação antecipada e queremos manter os 100% em casa nessa Libertadores. AO Botafogo é o clube que mais tem levado torcedor ao estádio na competição e queremos até subir essa média - disse Carlos Thiago Cesario Alvim, vice-presidente social e de comunicação.

Os bilhetes para os setores Sul e Norte, que foram vendidos a R$ 80 para o jogo contra o Independiente del Valle, agora custam R$ 70. E os setores Leste e Oeste Inferior, que foram comercializados por R$ 100, serão vendidos por R$ 90. O setor Maracanã Mais foi o que teve maior desconto: de R$ 180 para R$ 160.

- O clube também precisa faturar com jogos para pagar contas, mesmo que se colocasse o preço que tem sido praticado, estaria dentro da realidade. Mas queremos atender ao nosso torcedor. A gente pode não conseguir reduzir ao valor que as pessoas gostariam, mas nossa torcida vê que o esforço feito e está em sintonia com o clube - disse Alvim, para depois concluir:

- Nossa perspectiva é de Maracanã cheio novamente e vamos mostrar a nossa força. O Gigante Voltou, e não é só no campo, é na arquibancada também.