icons.title signature.placeholder Craque do Futuro - Rafael Norton
23/04/2014
16:18

O América de Natal tem feito valer os seus mandos de campo. A equipe potiguar não perde em seus domínios há quase sete meses. A última derrota do alvirrubro em casa aconteceu no dia primeiro de outubro de 2013, diante do Bragantino, no Estádio do Nazarenão, em partida válida pela Série B do Campeonato Brasileiro, por 2 a 0.

Na ocasião, o América era dirigido pelo técnico Pintado e encontrava-se nas últimas posições do campeonato nacional. De lá pra cá muita coisa mudou. Após a demissão de Pintado, Leandro Sena dirigiu o alvirrubro e não conheceu a derrota em seus domínios. O mesmo acontece com Oliveira Canindé, atual treinador da equipe.

Canindé consegue ir além. Com ele no comando o América se tornou ainda mais forte. São dez jogos de invencibilidade na temporada, 9 vitórias e 1 empate, o que lhe garante o melhor início de trabalho de um treinador na história do Mecão.

Toda essa força em casa, tem garantido bons frutos à equipe potiguar. O alvirrubro está na final do Campeonato Potiguar, na disputa da Copa do Brasil e desponta como uma das forças na Série B do Campeonato Brasileiro deste ano. Além de tudo isso, o bom momento americano fez o número de Sócios-Torcedores aumentar. Hoje, o América tem mais de 4 mil associados, segundo o Movimento "Por um futebol melhor", o que garante uma boa renda fixa mensal ao clube.

Apesar da boa fase vivida dentro e fora de campo, o técnico Oliveira Canindé mantém os pés no chão e espera uma crescente da equipe durante o restante da temporada.

- Temos que dar uma passada de cada vez para não desviarmos do caminho e acharmos que está tudo certo. Nós precisamos continuar nesta crescente e nos dedicar ainda mais. O 'achismo' atrapalha. Espero que continuemos nesta mesma pegada, olhando para a frente, e sabendo que é preciso muito mais para chegarmos onde nós achamos que é possível chegar - afirmou o treinador após a vitória diante o Avaí, no último sábado,  pela primeira rodada da Série B.