icons.title signature.placeholder Bruno Grossi
18/06/2014
10:00

Milton Cruz foi levado aos Estados Unidos para atuar no Dallas Tornado graças à parceria firmada entre o São Paulo e a North American Soccer Leagues, a NASL, no final da década de 1970. A negociação foi conduzida por Francisco Marcos, portugês considerado um dos pioneiros do futebol em solo norte-americano.

- Ele sempre me ajudou quando eu cheguei, sempre estava do meu lado. É uma pessoa que tenho um carinho muito grande e quero encontrá-lo, poder conversar. Tenho um relacionamento muito bom e tenho uma admiração pela pessoa e pelo profissional. É um pioneiro - destacou Milton.

A gratidão mostrada pelo ex-centroavante aparece também em Francisco, fundador e consultor da United League Soccer, a USL, e que tenta firmar nova parceria com o São Paulo. O sonho foi revelado ao LANCE!Net no último domingo e pode resultar até em franquia do Tricolor nos Estados Unidos.

- Temos uma grande amizade. Ele era um moleque fantástico, foi artilheiro do time mesmo jovem em 1979 e diante de grandes jogadores como (os alemães) Franz Beckenbauer e Gerd Müller - relembrou Francisco.