icons.title signature.placeholder Bruno Andrade e Márcio Porto
10/06/2014
18:25

Acusações de corrupção em relação à escolha do Qatar como sede da Copa do Mundo de 2022? Mudanças no regulamento do futebol internacional? Joseph Blatter, presidente da Fifa, rechaçou discutir qualquer assunto que não fosse o "maior show da Terra" nesta terça-feira à tarde, durante o primeiro dia do 64º Congresso da Fifa, realizado no Hotel Transamérica Expo Center, em São Paulo. As discussões internas da entidade serão realizadas apenas nesta quarta-feira.

- Temos que desenvolver o futebol, sim, mas hoje (terça-feira) à noite queremos desfrutar da a mágica do Brasil. A alegria de estar num país que come futebol e que vive futebol. É muito bom estar nesse ambiente do maior show da Terra, que é a Copa do Mundo - declarou Blatter.

- Vamos falar de futebol amanhã (quarta-feira), e se precisarmos resolver alguma coisa, vamos fazer amanhã - complementou.

Nesta quarta-feira, o Comitê Executivo da Fifa discutirá vários temas, entre eles, as finanças da entidade, a reforma na regulamentação dos agentes de futebol, a participação de terceiros nos direitos econômicos dos jogadores e o racismo dentro e fora dos gramados.

De acordo com o blog Bastidores FC, do GloboEsporte.com, a discussão de limite de idade e limite de mandatos para presidente da Fifa também seria feita nesta quarta-feira. A Uefa quer que a idade limite para o presidente seja de 72 anos. No entanto, Blatter, de 78 anos, conseguiu deixar as duas questões para 2015, quando tentará se manter na presidência da entidade por mais quatro anos.

Blatter está no comando da Fifa desde 1998. Ele sucedeu o brasileiro João Havelange na presidência. Antes, ele foi secretário-geral e ajudou na organização das Copas do Mundo de 1978, 1982, 1986, 1990 e 1994.