icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
01/11/2014
13:15

Um dos alvos favoritos de Michael Bisping, quando a questão é provocar, tem sido Vitor Belfort, principalmente pela questão do uso do TRT (Tratamento de Reposição de Testosterona). O britânico, que no próximo dia 8 de novembro, enfrenta Luke Rockhold, na Austrália, comentou o que espera do rendimento do brasileiro contra o campeão Chris Weidman.

O Fenômeno enfrenta o americano dia 28 de fevereiro, em Los Angeles (EUA), pelo cinturão dos médios da organização, e segundo Bisping, terá uma tarefa complicada pela frente. De acordo com o inglês, em conferência telefônica com a imprensa, quanto mais adiam o seu combate, mais ele vai ficar prejudicado.

- Eu acredito que o Weidman terá uma boa vantagem nessa luta. Digo isso porque o Vitor estava usando o TRT e agora vai sentir o impacto, já que não pode mais utilizar o tratamento. Quanto mais demorar para o duelo acontecer, melhor para o Weidman, já que o Vitor ficará mais lento, fraco e menos forte com esse tempo - afirmou o peso médio.

Belfort e Bisping já se enfrentaram em janeiro de 2013, em São Paulo, com vitória do brasileiro por nocaute técnico. No seu último compromisso, o inglês venceu Cung Le, em agosto deste ano.