icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
03/03/2014
09:29

O brasileiro Thomaz Bellucci está voltando à sua melhor forma. Nesta segunda-feira, o tenista de 26 anos confirmou um salto de 22 posições no ranking mundial da ATP. Ele ocupa atualmente a 86ª colocação após ter chegado às semifinais do Aberto do Brasil (ATP 250 de São Paulo).

Há duas semanas atrás Bellucci era apenas o número 130 do ranking. Entretanto, após alcançar as quartas de final do Aberto do Rio (ATP 500), onde foi eliminado para o espanhol David Ferrer, e as semis em São Paulo, onde caiu para o argentino Federico Delbonis, o brasileiro retornou ao top 100.

Depois de Bellucci, João Souza, o Feijão, é o melhor brasileiro, em 129º. Campeão do Aberto do Brasil, em São Paulo, o argentino Federico Delbonis subiu 17 colocações e ocupa a 44ª posição atualmente.

No top 10 da lista, a principal mudança foi a queda de Juan Martin Del Potro. O argentino, que desistiu do ATP 500 de Dubau na estreia por dores no punho, deixou o top 5, caiu duas posições e é agora o sétimo. Campeão em Dubai, Roger Federer segue na oitava posição.

Semifinalista no ATP 500 de Acapulco, o ucraniano Alexandr Dolgopolv segue subindo. Vice-campeão do Aberto do Rio este ano, ele subiu agora sete posições e é o 31º - há duas semanas, era apenas o 54º.

No ranking de duplistas, poucas mudanças foram registradas. O Brasil segue bem representado no topo. Mesmo com a eliminação na estreia do Aberto do Brasil, Bruno Soares, que joga com Alexander Peya, segue como o terceiro melhor duplista do ranking, enquanto Marcelo Melo, que não competiu semana passada, é o quinto.

Teliana sobe no ranking feminino

No ranking feminino, Teliana Pereira subiu quatro colocações e retornou ao top 100, ocupando a 99ª posição. Na última semana, ela caiu na segunda rodada do WTA de Florianópolis.