icons.title signature.placeholder Valdomiro Neto
20/06/2014
16:58

Cadeiras cobertas por terem pontos cegos no Beira-Rio (FOTO: Valdomiro Neto)

Quem foi aos dois jogos da Copa do Mundo disputados até agora no Beira-Rio notou um detalhe curioso. Duas fileiras das arquibandas inferiores do lado direito estão cobertas por uma espécie de tecido verde. São as cadeiras em que o Internacional não conseguiu acabar com os pontos cegos e, como medida emergencial, resolveu cobrir. 

Durante a reforma do estádio para a Copa do Mundo um dos pedidos da Fifa para o Colorado era que rebaixasse o gramado justamente para evitar essas partes em que o espectador não tem visão plena da partida. O alto custo fez que o Internacional tentasse mudar a angulação das cadeiras, o que, pelo visto, também não resolveu o problema. 

Nas duas partidas foi possível ver as "cobertas" em que torcedores franceses e holandeses colocaram bandeiras e até objetos pessoais. O Beira-Rio receberá mais três partidas do Mundial: Coreia do Sul x Argélia (dia 22 de junho, domingo próximo), Argentina x Nigéria (dia 25 de junho) e um confronto de oitavas de final (primeiro colocado do Grupo G x segundo colocado do Grupo H). 

O Beira-Rio, após reformas, tem capacidade para 50 mil torcedores. O público da partida da última quarta, entre Holanda e Austrália, foi de 42.877 pagantes.