icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
09/02/2015
19:04

O Basquete Cearense tem um difícil desafio na noite desta terça-feira. O time dirigido pelo técnico Alberto Bial encara o forte Mogi das Cruzes/Helbor, às 20h, no ginásio Professor Hugo Ramos, na Grande São Paulo, pela 22ª rodada do NBB 7. A equipe de Fortaleza vem de um grande resultado diante do Palmeiras, na semana passada, e busca uma vitória para tentar se distanciar ainda mais das últimas posições e dar um passo importante para manter vivo o sonho de uma vaga nos playoffs.

- A equipe, no jogo contra o Palmeiras, se constituiu de uma força coletiva e de uma homogeneidade que a gente busca sempre, que é o que pode nos levar às vitórias, com cada um dando aquela contribuição um pouco maior do que o seu limite permite -, analisa o técnico Alberto Bial, que destaca uma das estratégias para tentar a vitória: parar o ala/armador norte-americano Shamell.

- É com esse jogo coletivo e esse conjunto que o Basquete Cearense possuiu que a gente pretende diminuir bastante o poder do grande Shamell e da boa equipe de Mogi, para que possamos fazer uma boa partida e tentar surpreendê-los dentro de casa -, completou Bial.

​Depois de enfrentar o Mogi das Cruzes/Helbor, o Basquete Cearense terá mais três partidas longe de casa: na quinta-feira, joga contra o São José/Unimed, e, na sequência, encara Rio Claro Basquete e Winner/Kabum/Limeira, nos dias 25 e 27 de fevereiro, no interior de São Paulo.