icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
06/07/2013
21:26

O único duelo do UFC 162 que reuniu dois brasileiros dentro do octógono acabou no segundo round. Na noite deste sábado, em Las Vegas, Edson Barboza venceu Rafaello Oliveira por nocaute técnico após um massacre nas pernas do oponente. Com um muay thai afiado, o lutador de Nova Friburgo foi superior ao adversário e soube manter o combate em pé. A estratégia foi atacar a perna esquerda do compatriota, que após sofrer com 31 chutes, acabou caindo, sem forças para lutar. O duelo chegou ao fim aos a 1 min e 44 seg do segundo round.

- Me sinto ótimo. Acho que minhas mãos não estavam boas hoje e investi nos chutes. Me sinto ótimo e queria agradecer ao meu time - disse o lutador, em entrevista ainda  no octógono.

Edson Barboza agora segue na organização com duas vitórias consecutivas. Antes de passar por Rafaello Oliveira, o lutador nocauteou Lucas Mineiro no UFC São Paulo, em janeiro.

A LUTA
1º round
Logo no início do combate, Edson mostrou seu jogo de muay thai afiado e investiu nos chutes na costela de Rafaello, que sentiu os primeiros golpes e buscou levar a luta pro chão, onde é especialista. Todas as tentativas de derrubada de Trator foram evitadas por Barboza. Depois de sofrer com muitos chutes na perna esquerda, Rafaello começou a mancar. O round chegou ao fim com Edson tentando um chute rodado, que por pouco não acertou o adversário.

2º round
O duelo seguiu da mesma forma. Edson continuou atacando as pernas de Trator. Cerca de 30 chutes na perna esquerda levaram Rafaello a cair no chão e levar o árbitro Herb Dean a interromper o combate de declarar o nocaute técnico de Edson Baborza

O único duelo do UFC 162 que reuniu dois brasileiros dentro do octógono acabou no segundo round. Na noite deste sábado, em Las Vegas, Edson Barboza venceu Rafaello Oliveira por nocaute técnico após um massacre nas pernas do oponente. Com um muay thai afiado, o lutador de Nova Friburgo foi superior ao adversário e soube manter o combate em pé. A estratégia foi atacar a perna esquerda do compatriota, que após sofrer com 31 chutes, acabou caindo, sem forças para lutar. O duelo chegou ao fim aos a 1 min e 44 seg do segundo round.

- Me sinto ótimo. Acho que minhas mãos não estavam boas hoje e investi nos chutes. Me sinto ótimo e queria agradecer ao meu time - disse o lutador, em entrevista ainda  no octógono.

Edson Barboza agora segue na organização com duas vitórias consecutivas. Antes de passar por Rafaello Oliveira, o lutador nocauteou Lucas Mineiro no UFC São Paulo, em janeiro.

A LUTA
1º round
Logo no início do combate, Edson mostrou seu jogo de muay thai afiado e investiu nos chutes na costela de Rafaello, que sentiu os primeiros golpes e buscou levar a luta pro chão, onde é especialista. Todas as tentativas de derrubada de Trator foram evitadas por Barboza. Depois de sofrer com muitos chutes na perna esquerda, Rafaello começou a mancar. O round chegou ao fim com Edson tentando um chute rodado, que por pouco não acertou o adversário.

2º round
O duelo seguiu da mesma forma. Edson continuou atacando as pernas de Trator. Cerca de 30 chutes na perna esquerda levaram Rafaello a cair no chão e levar o árbitro Herb Dean a interromper o combate de declarar o nocaute técnico de Edson Baborza