icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
06/12/2013
14:57

Resta apenas uma partida. E foram 14 gols no ano. Logo, Hernán Barcos precisaria marcar 14 gols contra a Portuguesa, no domingo, no Canindé. Convenhamos, nem na melhor das fases, é algo plausível. O camisa 9 do Grêmio evitou se importar com a meta que não será alcançada em 2013 e afirma que o torcedor gremista precisa estar contente com o ano feito pela equipe.

- Como eu sempre falei, é importante que o Grêmioe está em um torneio internacional. Não importa se o Barcos não fez 28 gols. Temos a vaga na Libertadores e isso é o que mais me interessa pessoalmente. A promessa é pessoal e para o torcedor, o Grêmio é o mais importante - destacou o centroavante tricolor.

Homem de confiança do técnico Renato Gaúcho, Barcos tem 56 partidas com a camisa gremista e 14 gols marcados. Passou por diversos períodos de jejum no ano - os maiores chegaram a nove jogos, como o encerrado com o gol marcado sobre o Goiás, no último domingo. Mas foi decisivo e garantiu o Tricolor na Libertadores do próximo ano. No duelo com a Lusa, os gaúchos precisam de um ponto para garantirem a segunda colocação do Brasileirão e conquistar a vaga direta.

O Tricolor irá treinar novamente na tarde desta sexta-feira, no Estádio Olímpico. Além do trabalho na manhã deste sábado. O técnico Renato Gaúcho ainda não indicou a equipe que irá entrar em campo no duelo com os paulistas. A tendência é que repita a escalação pela terceira vez, com a presença de Zé Roberto no meio-campo e Vargas no ataque.