icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
31/07/2014
16:30

Um caso policial mudou a rotina do CT Joaquim Grava antes do treino do Corinthians na tarde desta quinta-feira. Um assaltante baleado caiu na porta do CT e foi socorrido por uma ambulância, horas antes da atividade, que estava marcada para as 15h30. Quando os jogadores chegaram, diversas viaturas policiais ainda estavam no local.

Por volta de 12h30, um homem tentou assaltar um policial à paisana que estava com o carro estacionado em frente às obras da CPTM, na via Parque, que fica ao lado do CT. Quando percebeu, tentou fugir, mas acabou recebendo tiros do policial. Ele ficou caído até que chegasse o reforço da Polícia Militar. Depois, uma ambulância levou-o para um hospital próximo da região.

Uma equipe da TV Cultura estava no local para gravar uma reportagem e registrou o momento. Os jogadores não correram nenhum risco, já que só apareceram no local quando tudo já estava controlado e o bandido, no hospital.

No início deste ano, o CT do Timão virou caso de polícia, mas naquele caso relacionado ao futebol e diretamente ligado à equipe. No dia 1º de fevereiro, um sábado, quando o elenco treinaria pela manhã, mais de cem torcedores invadiram o CT Joaquim Grava, ameaçaram jogadores, agrediram funcionários, furtaram três celulares e danificaram carros e o próprio CT.

Polícia foi em peso ao local (Foto: Marcos Clementino/TV Cultura)