icons.title signature.placeholder Felipe Lucena
icons.title signature.placeholder Felipe Lucena
10/07/2013
11:16

Preocupado com o mau desempenho da defesa do Vasco neste Campeonato Brasileiro, o auxiliar Jorge Luiz resolveu dedicar o treinamento da manhã desta quarta-feira, em São Januário, ao sistema defensivo. O apoiador Carlos Alberto sentiu um desgaste por conta do jogo-treino da última terça e fez apenas um trabalho físico. Ele foi poupado do restante da atividade para ter condições de treinar no período da tarde.

Inicialmente, o auxiliar montou o miolo de zaga com: Michel Alves, Elsinho, Luan, Rafael Vaz e Yotún, além dos volantes Sandro Silva e Fellipe Bastos. Durante o trabalho, o jovem Jomar ganhou uma chance na zaga e Abuda e Fillipe Soutto substituíram os cabeças de área. Com um inchaço no joelho, o zagueiro Renato Silva foi liberado da atividade. Já Rodolfo, que se recupera de uma cirurgia no joelho desde o começo do ano, fez um trabalho físico com bola acompanhado dos fisiologistas do clube. Em condições de jogo, o defensor é bastante cotado para ser titular da equipe.

E MAIS
- Astro com Dorival, Carlos Alberto pode ganhar chance com volta do treinador
- Após saída de Autuori, Vasco marca encontro com Dorival Júnior

L!TV
- Michel Alves revela como foi conversa de despedida de Autuori
- Goleiro comenta possível chegada de Dorival ao Vasco

O desempenho da defesa foi bastante positivo, pois não sofreu nenhum gol. Destaque para Rafael Vaz, que inclusive em uma das jogadas, ao rifar uma bola, quase acertou os profissionais de imprensa que estavam na arquibancada de São Januário. No fim da atividade, houve um trabalho de dois toques em campo reduzido, com titulares e reservas mesclados.

O Cruz-Maltino sofreu 13 gols nas seis primeiras partidas do Campeonato Brasileiro. O time levou ainda a segunda maior goleada da competição, quando perdeu por 5 a 1 para o São Paulo, no Morumbi, pela segunda rodada.

O elenco do Vasco voltará à Colina na tarde desta quarta-feira, às 15h30, para mais um treinamento.

Preocupado com o mau desempenho da defesa do Vasco neste Campeonato Brasileiro, o auxiliar Jorge Luiz resolveu dedicar o treinamento da manhã desta quarta-feira, em São Januário, ao sistema defensivo. O apoiador Carlos Alberto sentiu um desgaste por conta do jogo-treino da última terça e fez apenas um trabalho físico. Ele foi poupado do restante da atividade para ter condições de treinar no período da tarde.

Inicialmente, o auxiliar montou o miolo de zaga com: Michel Alves, Elsinho, Luan, Rafael Vaz e Yotún, além dos volantes Sandro Silva e Fellipe Bastos. Durante o trabalho, o jovem Jomar ganhou uma chance na zaga e Abuda e Fillipe Soutto substituíram os cabeças de área. Com um inchaço no joelho, o zagueiro Renato Silva foi liberado da atividade. Já Rodolfo, que se recupera de uma cirurgia no joelho desde o começo do ano, fez um trabalho físico com bola acompanhado dos fisiologistas do clube. Em condições de jogo, o defensor é bastante cotado para ser titular da equipe.

E MAIS
- Astro com Dorival, Carlos Alberto pode ganhar chance com volta do treinador
- Após saída de Autuori, Vasco marca encontro com Dorival Júnior

L!TV
- Michel Alves revela como foi conversa de despedida de Autuori
- Goleiro comenta possível chegada de Dorival ao Vasco

O desempenho da defesa foi bastante positivo, pois não sofreu nenhum gol. Destaque para Rafael Vaz, que inclusive em uma das jogadas, ao rifar uma bola, quase acertou os profissionais de imprensa que estavam na arquibancada de São Januário. No fim da atividade, houve um trabalho de dois toques em campo reduzido, com titulares e reservas mesclados.

O Cruz-Maltino sofreu 13 gols nas seis primeiras partidas do Campeonato Brasileiro. O time levou ainda a segunda maior goleada da competição, quando perdeu por 5 a 1 para o São Paulo, no Morumbi, pela segunda rodada.

O elenco do Vasco voltará à Colina na tarde desta quarta-feira, às 15h30, para mais um treinamento.