icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
15/07/2013
17:02

O São Paulo se reapresentou na tarde desta segunda-feira, no CT da Barra Funda, após a derrota para o Vitória, domingo, por 3 a 2, no Barradão. No campo, o técnico Paulo Autuori comandou um "treino fantasma": os atletas que atuaram em Salvador (com exceção de Juan, que não treinou, e deu lugar a Reinaldo) trocaram passes de um lado para o outro do campo e trabalharam a circulação da bola, sem marcação de adversários. A atividade foi rápida e, depois, o grupo seguiu para o Reffis.

Os outros são-paulinos fizeram aquecimento em outro gramado e, na sequência, participaram de um trabalho técnico. Primeiro, troca de passes e "bobinho", seguido de um trabalho de lançamentos, cruzamentos e finalização. O presidente Juvenal Juvêncio acompanhou parte desta atividade, ao lado do diretor de futebol Adalberto Baptista. No fim, posse de bola em campo reduzido com dois goleiros posicionados.

O meia Jadson, que torceu o tornozelo direito no treino de sábado, ficou no Reffis e segue como dúvida para o clássico contra o Corinthians. Luis Fabiano e Clemente Rodríguez, suspensos da última rodada do Brasileirão, treinaram no campo, assim como Rafael Toloi, Denilson e Douglas, que estão recuperados de lesões menores (o zagueiro sentia dores no tornozelo direito, enquanto o volante e o lateral sentiam dores no joelho direito). 

 

O São Paulo se reapresentou na tarde desta segunda-feira, no CT da Barra Funda, após a derrota para o Vitória, domingo, por 3 a 2, no Barradão. No campo, o técnico Paulo Autuori comandou um "treino fantasma": os atletas que atuaram em Salvador (com exceção de Juan, que não treinou, e deu lugar a Reinaldo) trocaram passes de um lado para o outro do campo e trabalharam a circulação da bola, sem marcação de adversários. A atividade foi rápida e, depois, o grupo seguiu para o Reffis.

Os outros são-paulinos fizeram aquecimento em outro gramado e, na sequência, participaram de um trabalho técnico. Primeiro, troca de passes e "bobinho", seguido de um trabalho de lançamentos, cruzamentos e finalização. O presidente Juvenal Juvêncio acompanhou parte desta atividade, ao lado do diretor de futebol Adalberto Baptista. No fim, posse de bola em campo reduzido com dois goleiros posicionados.

O meia Jadson, que torceu o tornozelo direito no treino de sábado, ficou no Reffis e segue como dúvida para o clássico contra o Corinthians. Luis Fabiano e Clemente Rodríguez, suspensos da última rodada do Brasileirão, treinaram no campo, assim como Rafael Toloi, Denilson e Douglas, que estão recuperados de lesões menores (o zagueiro sentia dores no tornozelo direito, enquanto o volante e o lateral sentiam dores no joelho direito).