icons.title signature.placeholder Valdomiro Neto
17/06/2014
22:28

Ônibus da Espanha traz slogan: "Real Men wear orange" (FOTO: Valdomiro Neto)

O ônibus estacionado no Beira-Rio dá o recado: Homens de verdade usam laranja! Os 5 a 1 aplicados na Espanha parecem endossar o slogan escolhido pela Holanda para o Mundial no Brasil. Alguns "pecados" históricos, porém, colocam a afirmação em xeque. Nem o carrossel de Rinus Michels, muito menos o afamado trio Gullit, Van Basten e Rijkaard, foram capazes de dar um título mundial ao país que contribuiu inegavelmente para a beleza do futebol como as pinceladas de Van Gogh contribuiram  para a apreciação das artes plásticas.

A série de vice-campeonatos (três ao todo) faz com que seja uma rotina para os técnicos da seleção laranja ter que responder a uma incômoda pergunta:  a Holanda amarela no final? 

- Isso é a sua opinião. Se você não mostra respeito pelo futebol holandês, o mundo respeita bastante o futebol holandês. Via de regra jogamos um bom futebol e, mesmo sendo um país pequeno, chegamos longe, três vezes fomos à final. E apenas uma equipe pode vencer, são circunstâncias do jogo -  respondeu o técnico Van Gaal ontem a um jornalista que o questionou sobre a sina histórica dos vice-campeonatos. 

A nova geração, com Robben, Van Persie e Sneijder, também tem um segundo lugar no currículo e ainda a oportunidade de justificar a mensagem que ornamenta o veículo da delegação. Contra a Austrália, às 13h desta quarta-feira, no estádio do Internacional, a Holanda pode tornar-se a primeira classificada às oitavas e abrir o caminho para ratificar que sua cor é o laranja. 

MAIS OFENSIVA AINDA? 

No treino de reconhecimento de gramado, o técnico Van Gaal deu mostras de que pode mexer no time e deixá-lo ainda mais ofensivo do que aquele que atropelou a Espanha. O zagueiro Vlaar pode dar lugar ao atacante Lens, com o esquema 5-3-2 dando lugar ao 4-3-3-. O comandante laranja deixou em aberto a possibilidade. 

- Existe diferença entre os jogos. Contra a Austrália podemos aplicar uma tática diferente daquela utilizada contra a Espanha. Não vou falar sobre isso porque pode ser determinante durante o jogo.

Van Persie e Robben formam a dupla dinâmica da Holanda (FOTO: Emmanuel Dunant) 

A Austrália, por sua vez, não jogará retrancada, como se pode supor. Ao menos é o que promete o técnico Ange Postecoglu:

Nós sabemos que temos que ser fortes defensivamente, a Holanda tem perigosos atacantes e mostrou isso contra a Espanha. Mas também precisamos atacantar, não podemos somente defender por 90 minutos. 

O comandante dos socceroos disse que pode fazer até duas alterações na equipe em relação àquela que perdeu por 3 a 1 para o Chile. Uma é certa, a entrada de McGowan no lugar de Franjic, que se machucou, na lateral direita. A Austrália pode se tornar a primeira eliminada do Mundial. Isso acontecerá se perder da Holanda e a Espanha também for derrotada pelo Chile, em jogo que acontece às 16h, no Maracanã. Os dois jogos terão transmissão em tempo real pelo LANCE!Net

FICHA TÉCNICA

AUSTRÁLIA X HOLANDA

LOCAL: Estádio Beira-Rio, Porto Alegre (RS)

DATA/HORÁRIO: 18/6/2014, às 13h (Horário de Brasília)

ÁRBITRO: Haimoudi Djamel (ALG)

ASSISTENTES: Achik Redouane (MAR) e Etchiali Abdelhak (ALG)

AUSTRÁLIA: Mat Ryan; McGowan, Spiranovic, Wilkinson e Davidson; Milligan, Jedinak, Bresciano, Oar e Leckie; Tim Cahill. Técnico: Ange Postecoglou.

HOLANDA: Cillessen; Janmaat, De Vrij, Bruno Martins Indi e Blind; De Jong, De Guzmán e Sneijder; Robben, Lens e Van Persie. Técnico: Van Gaal