icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
12/02/2015
00:58

Ceni faz uma das várias defesas no jogo (FOTO: Miguel Schincariol)

A noite na Vila Belmiro foi de Rogério Ceni. Aos 42 anos, o goleiro fechou o gol e impediu a derrota do São Paulo no clássico contra o Santos. O capitão foi eleito, com sobras, o melhor em campo pelo LANCE!Net, com nota 8,5. No lado santista, Geuvânio, um dos responsáveis pelo bombardeio ao gol são-paulino, foi o mais bem avaliado. Confira abaixo os desempenhos: 


SANTOS

7,0
Vanderlei
Duas defesas difíceis no primeiro tempo, mostrando elasticidade e segurança. Um acerto do Peixe.

7,0
Victor Ferraz
Mesmo com os vários erros nos cruzamentos, fez bom jogo. Presença ofensiva importante.

6,5
Werley
Mostrou personalidade quando exigido, mas deu sustos na bola aérea. Ainda está em adaptação.

5,5
David Braz
Afobado na saída de bola e na marcação, fez por merecer uma expulsão, que não aconteceu, no segundo tempo.

6,5
Chiquinho
Preocupação defensiva valeu a pena. Além de boa opção na bola parada ofensiva, foi bem atrás.

7,0
Alison
Deu combate, marcou Ganso de perto e não se desesperou. Conseguiu ser confiável e eficiente.

5,0
Renato
Marca de longe, não participa das ações ofensivas e sai jogando sem qualidade. Precisa mostrar mais...

6,0
Lucas Lima
Começou distraído, mas se recuperou. Participativo na saída de bola, mas sem muita criatividade.

7,5
Geuvânio
Bem aberto, deu opção e fez tabela. Errou bastante, mas deu trabalho e criou do início ao fim do clássico.

7,0
Robinho
Ajudou a puxar contra-ataques e incomodar a marcação. Não conseguiu ser efetivo, mas foi bem.

5,5
Ricardo Oliveira
Discreto o tempo inteiro, não aproveitou as chances criadas e não ajudou a construir as jogadas.

7,0
Marquinhos Gabriel
Entrou para agitar o lado esquerdo, mas o jogo se concentrou do outro lado. Foi ousado, quase marcou.

6,0
Elano
Entrou sem ritmo. Não era jogo para ele. Conduziu a bola no momento de agredir e não conseguiu ser criativo.

6,5
Lucas Crispim
Brigou, procurou espaço, apareceu, mas o jogo já estava morno. Precisa de mais tempo para mostrar algo.

6,5
Enderson Moreira
Demorou a mexer e colocou Elano num jogo quente. Deu azar pela boa atuação de Ceni, mas tem culpa.


SÃO PAULO

8,5
Rogério Ceni
Fez cinco grandes defesas no primeiro tempo e evitou que o Santos crescesse ainda mais.

6,0
Bruno
Salvou o Tricolor duas vezes na pequena área, mas foi mal no ataque. Na marcação foi seguro.

4,5
Rafael Toloi
Começou se impondo diante de Ricardo Oliveira, mas caiu de rendimento e fez faltas bobas.

4,5
Lucão
Não inspira confiança. Teve bons lances, mas quase comprometeu antes de milagre de Ceni.

5,0
Reinaldo
Outro que teve ótimo início e caiu ainda no primeiro tempo. Ficou refém da falta de ajuda atrás.

7,0
Denilson
Seguro, deu qualidade à saída de bola e vigiou bem Lucas Lima, que pouco produziu em campo.

5,5
Souza
Como sempre, trouxe dinâmica à equipe no meio de campo, mas não esteve bem na marcação.

6,0
Michel Bastos
Criou boas jogadas pela direita e ajudou a prender Chiquinho na defesa. Caiu quando foi à direita.

7,0
PH Ganso
Sem marcação dos volantes do Santos, deitou e rolou com passes e quase marcou de fora da área.

6,0
Ewandro
Surpresa de Muricy, o menino não decepcionou. Amarelou Braz, tabelou com Fabuloso e marcou.

5,5
Luis Fabiano
Cercado pelos zagueiros, não se omitiu e buscou a bola no meio para desafogar os meias do time.

5,5
Alexandre Pato
Entrou ligado e causou certo furor na defesa santista. Logo se desligou e aceitou a marcação alvinegra.


Alan Kardec
Pouco tempo em campo.

5,5
Muricy Ramalho
Armou time interessante – e surpreendente –, mas demorou para reforçar as laterais.