icons.title signature.placeholder Enrico Bruno
31/03/2014
17:53

Virtualmente classificado para a fase de mata-mata, o time do Atlético tentará, nesta quinta-feira, às 23h, dar mais um passo para terminar na primeira colocação do grupo 4 da Libertadores. O adversário da vez é o Independiente Santa Fé (COL), postulante a uma das vagas nas oitavas de final, mas que vem surpreendendo negativamente, ocupando o último lugar com apenas quatro pontos somados.

Um empate diante do time colombiano já garante o Atlético na próxima fase do torneio. E é com este pensamento que a equipe de Autuori vai encarar os semifinalistas de 2013 no estádio El Campín, em Bogotá. Voltar para o Brasil com no mínimo um ponto será essencial para decidir a liderança no último jogo contra o Zamora, no Independência.

- Temos que pensar na vitória. Voltamos ser Atlético que faz muitos gols. É pensando nisso que temos que buscar um empate no mínimo para voltar com a classificação – falou o volante Leandro Donizete, provável titular no meio campo, já que Josué segue tratando de uma pubalgia.

Para chegar às oitavas com o primeiro lugar geral, a tarefa já é um pouco mais complicada para o Galo. O primeiro passo é vencer o Santa Fé e alcançar os 11 pontos, tendo ainda que encerrar a fase de grupos com outra vitória, diante do Zamora. Atualmente, o Santos Laguna já soma 13 pontos, um a mais que o Vélez Sarsfield, ambos já com cinco partidas contabilizadas.

Para o duelo contra o Santa Fé, a principal dúvida segue no meio campo. A lesão muscular de Fernandinho ainda não está totalmente superada pelo velocista e Neto Berola pode continuar no time titular. Pierre, Diego Tardelli e Ronaldinho Gaúcho, ausentes em boa parte dos treinos da semana passada, já apresentam melhores condições de jogo e podem pintar entre os onze iniciais.