icons.title signature.placeholder Enrico Bruno
26/11/2014
21:07

Sem nenhum contato visual com os cruzeirenses, os atleticanos estão localizados e concentrados no Mineirinho antes do clássico decisivo contra o Cruzeiro, nesta noite de quarta-feira. Desde o final da tarde, cerca de 1.800 alvinegros se dirigiram ao local antes de serem escoltados pela escolta policial rumo ao Gigante da Pampulha.

No local destinado aos torcedores visitantes, não houve nenhum princípio de tumulto. No entanto, apesar do alto número de policiais, o caminho desde a entrada do Mineirinho até o local da concentração e da passarela apresenta várias escadarias sem iluminação e proteção policial. O maior descontentamento dos torcedores, contudo, era sobre o preço do estacionamento do ginásio. O valor de R$50 no Mineirinho, bem maior que os R$30 cobrados dentro do Mineirão, não agradou.

- Por ser só 10% da torcida, o isolamento tem que ser esse mesmo. Ocorreu tudo tranquilo, não tivemos problema nenhum. Mas o estacionamento do Mineirinho custando R$50 é um absurdo - contou Wander Moreira, torcedor do Atlético de 21 anos que foi com a família para o estádio.

- Chegamos por volta das 15h, não tinha nenhuma rua fechada, somente os estacionamentos abertos com esse preço - completou Wander, que preferiu deixar o carro na rua.

Até as 20h30 desta quarta, a torcida permanecia concentrada sem poder fazer o trajeto para o estádio, por meio de uma rampa de integração. A tropa de choque será a responsável por conduzir os atleticanos até a entrada do Portão A, única área de acesso ao setor dos visitantes.