icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
23/02/2015
13:46

A contagem regressiva começou. Focado nos jogos Pan-Americanos, Douglas Brose chega nesta segunda-feira em Pouso Alegre, Minas Gerais, para uma semana de treinos com a seleção brasileira de karatê. Com a agenda cheia, ministrando cursos, palestras e seminários, o atleta começa a intensificar os treinamentos de olho na competição que será disputada em Toronto, no Canadá, e começa no dia 23 de julho.

Douglas Brose já tem tudo planejado daqui até lá. O atleta divide sua rotina de treinos com seminários pelo país. Neste último final de semana, Douglas Brose esteve em Recife ensinando alunos e caratecas. Nesta segunda-feira chega em Pouso Alegre, Minas Gerais, para se preparar junto com a seleção brasileira.

- Aqui em Recife foi muito produtivo. Eu tento passar para eles novas tendências, tudo que está acontecendo no cenário mundial. Minha agenda realmente está bem cheia. Hoje chego em Pouso Alegre para treinar com a seleção. Começo a trabalhar bem focado nos jogos Pan-Americanos. Afinal faltam 150 dias. E essa agenda cheia não me atrapalha. Pois eu primeiro, lá atrás, monto todo o meu calendário de treino e competição. E é em cima desse calendário pronto que eu encaixo meus seminários - afirmou o atleta, bi-campeão mundial.

Na próxima sexta-feira, Douglas Brose ministra um curso em Pouso Alegre. Já no sábado, é a vez da cidade de Santos, em São Paulo, ter a oportunidade de aprender com o campeão. A experiência traz consequências positivas. Douglas Brose se sente mais maduro para a disputa dos jogos em Toronto, no Canadá, que começam em 150 dias.

- Eu estou muito mais tranquilo que nos outros anos. Sempre muito focado. E acredito que isso possa fazer a diferença. Vou continuar me preparando muito bem, cuidando da parte física muito bem, junto com o núcleo de alto rendimento de São Paulo, participando de vários competições até o Pan-Americano. Daqui até lá, nesses 150 dias, vou treinar para ajustar as coisas que eu ainda tenho que ajustar. Melhorar a parte física. E voltar a pegar esse ritmo de competição para chegar no Pan bem preparado - afirmou o atleta.