icons.title signature.placeholder Thiago Ferri
27/07/2014
09:31

Corinthians e Palmeiras fazem neste domingo, a partir das 16h, o primeiro Dérbi da arena de Itaquera, fato que já torna este clássico especial. No Verdão, detentor do maior número de vitórias no confronto (121 x 118), há ainda a briga dentro do atual elenco para fincar o nome na história de 97 anos entre os rivais: quem será o primeiro palmeirense a marcar no estádio?

Dos cinco maiores goleadores pelo lado alviverde, três são centroavantes: Heitor, César Maluco e Evair. O clássico, que ajudou a consagrar homens de frente, pode significar também a redenção para os comandados por Ricardo Gareca. Dos quatro atacantes relacionados para esta tarde, dois ainda não marcaram pelo Verdão (Érik e Mouche), e outros dois vivem jejuns.

Leandro, destaque na Série B, mas em baixa durante todo o ano de 2014, não marca há oito jogos. César Maluco, segundo que mais fez gols pelo Verdão no Dérbi, aposta nele para este clássico.

– Eu muitas vezes estava mal, fazia um gol e voltava a ser o que era. Com certeza isto pode ser uma motivação para o Leandro. Um garoto, que tem toda a oportunidade para voltar a ser o que era hoje – disse.

Sob o comando do técnico argentino, os três gols do Palmeiras não saíram dos pés de atacantes. O zagueiro Tobio fez um, e o meia Felipe Menezes, os outros dois.

Henrique, centroavante e artilheiro do Palmeiras no Brasileiro com três gols, será titular, apesar da cinco partidas em branco. No último Dérbi, Alan Kardec, quem o camisa 19 substituiu, foi o autor do gol, no 1 a 1 do Pacaembu.

Se naquele clássico o time tinha jogadores como Valdivia e Kardec, lideranças técnicas em campo, desta vez Evair, outro ídolo com belo histórico diante do Timão, prefere não fazer apostas individuais.

– O time ainda está sendo montado, e vai ter dificuldades como já mostrou na competição. É o momento para dar o salto de qualidade, quando precisa ter mais força, em que o jogador fala “vamos mudar a história”. É a hora de mostrar que pode brigar por algo grande.

A última vitória do time no Dérbi foi há seis jogos, em 2011: 2 a 1, gols de Luan e Fernandão. Neste domingo, é a chance de findar o tabu, e marcar-se na história e na casa do rival.

CINCO MAIORES ARTILHEIROS DO PALMEIRAS NO DÉRBI:
Heitor - 16 gols
César Maluco e Romeu Pellicciari - 14 gols
Alex - 10 gols
Evair - 9 gols