icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
12/12/2013
16:29

Considerado um dos principais meio-pesados do cenário nacional de MMA, Arthur Gogó mudou drasticamente a rotina antes da revanche contra Armando "Sapinho", marcada para esta sexta-feira, no WOCS 32, que será realizado no Rio de Janeiro. Seguindo o conselho do líder e companheiro de treinos do Team Nogueira, Rodrigo Minotauro, o lutador se isolou da família e "expulsou" esposa e filha de casa.

- Acho que faltou foco na última luta, a galera da academia veio falar que parecia que estava andando no shopping. Faltou raiva, vontade de vencer. Sem menosprezar o Sapinho, achava que venceria a hora que quisesse. Nessa revanche vai ser tudo diferente, já estou há uns 20 dias sozinho, minha esposa e minha filha saíram de casa. expulsei todo mundo (risos). O Rodrigo (Minotauro) que me sugeriu isso, foi uma decisão muito difícil, mas realmente não tem como ser pai e ao mesmo tempo ter aquele espírito ruim para lutar. Ou você tá ali com espírito de samurai ou você está para ser pai - explicou Gogó.

O duelo entre Arthur "Gogó" e Armando "Sapinho" será o segundo principal da noite, e colocará em jogo o cinturão dos meio-pesados (93kg) da organização. Com um cartel de 20 vitórias e oito derrotas, o atleta do Team Nogueira quer seguir os passos do antigo campeão da categoria Francimar Bodão, conquistando o título e ingressando no UFC.

- Estou há algum tempo entre os melhores da categoria no Brasil, então quem sabe conquistando esse cinturão não pinte uma oportunidade. Vários campeões do WOCS já tiveram oportunidade no UFC, o próprio Bodão foi para lá e estreou com vitória. Eu tenho que fazer o meu trabalho e conquistar esse título, porque tenho certeza que coisas boas virão - comentou o atleta.

Invicto no MMA, Felipe Nilo também entra em ação no WOCS 32

Com apenas 23 anos e um cartel invicto de cinco vitórias, o mineiro Felipe Nilo enfrenta o conterrâneo Oséias Viana na quarta luta da noite. O peso-leve do Team Nogueira, que é reconhecido pelo seu talento na arte suave, está confiante em conseguir o seu primeiro nocaute na carreira.

- Os treinos no Team Nogueira foram perfeitos, para essa luta eu treinei muito o meu boxe com o mestre Erivan Conceição. Estou me sentindo muito confiante na trocação e com certeza se a mão entrar ele vai cair. Mas estou pronto para lutar em qualquer área, se ele quiser no alto, vai ser no alto, se quiser no chão, melhor ainda, que levo para casa - afirmou Nilo.

Felipe Nilo treina jiu-jitsu com Minotouro (FOTO: Divulgação)

O adversário de Felipe Nilo seria Fernando Santos, porém, devido uma lesão no joelho, o atleta da Nova União teve que ser substituído, a poucas semanas do evento. Apesar de não esconder o descontentamento com a mudança repentina, Nilo se mostra otimista para o combate.

- Aconteceram alguns imprevistos de última hora e meu adversário se machucou foi substituído por um cara da equipe do Tatá (organizador do WOCS). Não tive tempo para me preparar para ele, nem sei direito como ele costuma lutar, só sei que ele é um cara forte e vem de boas vitórias. Mas tudo certo, aqui no Team Nogueira nós nos preocupamos com a nossa estratégia, e estou pronto para enfrentar qualquer um - garantiu o lutador.