icons.title signature.placeholder Luis Fernando Coutinho
07/11/2013
18:07

Quando Santiago Ponzinibbio pisar no octógono mais famoso do mundo, neste sábado, pelo UFC Fight Night no Combate: Belfort x Henderson, ele se tornará o primeiro argentino da história a se apresentar no maior evento de MMA do mundo. Depois de sua participação no TUF Brasil 2, o "argentino gente boa", como gosta de ser chamado, voltará a lutar. E, como se já não bastasse a emoção da estreia no UFC, o debute acontecerá diante do público brasileiro, que o abraçou após sua aparição no reality show do UFC. 

Falando um "carioquês" misturado com espanhol, Ponzinibbio recebeu a reportagem do LANCE!Net na Team Nogueira, sua nova academia, localizada no Rio de Janeiro, e falou sobre a felicidade de fazer sua primeira luta onde "se sente em casa".

- Me sinto mais em casa aqui no Brasil. Depois do TUF, fiquei por aqui e estou bem. Sinto saudades da Argentina, mas estou bem aqui. Fico tranquilo, não sinto desespero, e as coisas têm dado certo. Estou muito motivado para lutar pela primeira vez no UFC. Não posso garantir a vitória, mas posso garantir que lutarei com o coração. Sempre entro no octagon para dar o meu melhor, estou pronto e quero dar alegria ao povo brasileiro. Isso pra mim é guerra, vida ou morte. O público verá um grande show e uma grande festa para os brasileiros - declarou o argentino, que luta na categoria dos meio-médios. 

No evento deste sábado, Santiago terá pela frente o americano Ryan LaFlare, que fará sua segunda luta no Ultimate. O ex-TUF Brasil analisou o jogo de seu adversário e disse o que espera do combate.

- Ryan La Flare é canhoto. Ele aceita um pouco a luta em pé, mas vem do wrestling, da luta agarrada. e leva para o chão sempre que pode. Acho que essa luta terá muita trocação, mas ele tentará constantemente me colocar para baixo. Vou tentar trabalhar de pé, bater nele. Será uma boa luta - avaliou o lutador.

Santiago Ponzinibbio foi um dos destaques do TUF Brasil 2 (FOTO: Divulgação/UFC)

Confira um bate-bola com Santiago Pinzinibbio
Você esperava tamanho assédio do público brasileiro após a participação no TUF Brasil?
Me surpreendi muito. Não achei que o assédio seria tão grande assim. Nunca imaginava isso. Ainda mais por ter sido um cara muito tranquilo na casa. Não fui o cara mais agitado ou que mais apareceu. Estive sempre tranquilo, fazendo o meu trabalho. E sou argentino, né (risos)? Mas achei sensacional o retorno dos fãs. Agora sou o "argentino gente boa", as pessoas me chamam assim na rua e me pedem fotos... 

Qual a situação do MMA na Argentina? Está crescendo?
O MMA na Argentina está crescendo muito. Aqui no Brasil é muito maior, mas lá está ficando grande também. Temos muitos eventos por lá durante a semana, inúmeras academias abrindo... Só está faltando um pouco de apoio, mas não faz mal. O esporte vai crescer por lá também.

Você sente falta da vida na Argentina?
Sinto muitas saudades. Tenho minha família lá, meus amigos de infância. Voltarei para lá algum dia, mas aqui estou bem. No Brasil, consigo ficar motivado, focado nos meus treinos e no que tenho de fazer. De vez em quando, vou para lá, mato as saudades... 

O UFC Fight Night Combate: Belfort x Henderson acontece neste sábado, a partir das 19h30. O show terá transmissão ao vivo pelo Canal Combate.

Confira todas as lutas do evento:
CARD PRINCIPAL
Vitor Belfort x Dan Henderson
Cezar Mutante x Daniel Sarafian
Rafael Feijão x Igor Pokrajac
Paulo Thiago x Brandon Thatch
Santiago Ponzinibbio x Ryan LaFlare
Rony Jason x Jeremy Stephens
CARD PRELIMINAR
Godofredo Pepey x Sam Sicilia
Thiago Bodão x Omari Akhmedov
Thiago Tavares x Justin Salas
Adriano Martins x Daron Cruickshank
José Maria Sem Chance x Dustin Ortiz