icons.title signature.placeholder Rodrigo Vessoni
29/06/2014
12:58

A manhã deste domingo da seleção Argentina foi marcada pela definição do substituto de Sérgio Aguero que, lesionado está fora do confronto com a Suiça, nesta terça-feira, na Arena Corinthians. Em Belo Horizonte, o técnico Alejandro Sabella fechou a Cidade do Galo, mas por meio de um 'morrão' que fica do outro lado da rodovia foi possível ver Ezequiel Lavezzi entre os titulares.

O trabalho tático, sem a presença de jornalistas, durou pouco menos de uma hora. A formação foi a mesma do dia anterior, quando o atacante do Paris Saint-Germain já figurou entre os titulares. A Argentina que vai a campo contra a Suíça será a seguinte: Romero; Zabaleta, Federico Fernandez, Garay e Rojo; Mascherano, Gago e Dí Maria; Lavezzi, Messi e Higuaín.

A escolha do atacante do PSG não causa espanto, ele sempre foi o principal candidato após a lesão muscular de Aguero. Ezequiel Lavezzi é o jogador que mais chama atenção das mulheres argentinas, tanto que é considerado o 'Beckham argentino', pela maneira que se veste e se comporta no dia a dia, além do fato de ser alvo de comerciais de televisão em seu país. Ele é alvo de brincadeiras dos seus colegas, que o chamam de 'bonitão' e ironizam esse lado de símbolo sexual longe da bola.

Outra faceta de Lavezzi é o bom humor. É ele quem faz mais brincadeiras no grupo da Argentina e diverte os jogadores quando estão de folga e/ou concentrados. Em visita do elenco ao Vaticano, foi ele quem sentou na cadeira do Papa Francisco. E será com ele que a equipe de Alejandro Sabella tentará os gols para evitar a disputa por pênaltis contra a Suíça e/ou a decisão por pênaltis.