icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
03/11/2014
12:50

Não é só o Cruzeiro que deve encontrar um caldeirão, na quarta-feira, às 22 horas, na Vila Belmiro, para enfrentar o Santos pelo jogo de volta da semifinal da Copa do Brasil. Em sorteio realizado na manhã desta segunda-feira, na sede da CBF, no Rio de Janeiro, o árbitro Dewson Freitas, o mesmo que expulsou Robinho por simulação durante a vitória do Peixe por 3 a 2 sobre o Botafogo, foi escolhido para apitar a decisão.

Na ocasião, no jogo disputado no Maracanã, o camisa 7 levou o segundo cartão amarelo na partida, pois na visão do juíz simulou uma falta. Após a advertência, o Rei do Drible reclamou em direção ao árbitro, o apontando o dedo. Na súmula foi relatado apenas um palavrão, sem xingamentos. No STJD, o atacante foi julgado pelo fato que levou sua expulsão, e pegou apenas um jogo de gancho.

"Expulsei aos 39 minutos do segundo tempo em decorrência do segundo cartão amarelo, o atleta de nº7 o sr. Robson de Souza, da equipe do Santos, por simular uma falta. Após ter sido expulso o referido atleta veio em minha direção apontando o dedo ao meu rosto e proferindo as seguintes palavras: "p... tu tá de sacanagem, seu maluco", e em seguida me puxou pelo ombro e continuou reclamando", escreveu o árbitro na súmula do jogo contra o Botafogo.

No último sábado, a torcida alvinegra esgotou todos os ingressos à venda para a decisão contra a Raposa. Como forma de incentivo para superar a vantagem de 1 a 0 a favor do adversário, alguns torcedores se organizam nas redes sociais para fazer uma recepção em massa ao ônibus dos jogadores na chegada ao estádio.

ATLÉTICO-MG X FLAMENGO

Já para o outro confronto semifinal da Copa do Brasil entre Atlético-MG e Flamengo, também na quarta-feira, no Mineirão, o árbitro Anderson Daronco, do Rio Grande do Sul, foi o escolhido para comandar a partida.

Anderson Daronco já apitou três jogos desta Copa do Brasil, todos com vitória dos times mandante: Fluminense 5 x 0 Horizonte, Bragantino 2 x 1 Figueirense e ABC 3 x 2 Cruzeiro. No total, ele aplicou 16 cartões amarelos e dois vermelhos. O juiz esteve presente também na vitória do Cruzeiro sobre o Santos na 1ª partida semifinal entre Cruzeiro e Santos, como árbitro assistente.