icons.title signature.placeholder LANCE!PRESS
12/06/2014
13:01

Comissão técnica e jogadores do Brasil têm evitado falar publicamente sobre a arbitragem para a partida da estreia na Copa diante da Croácia nesta quinta-feira, na Arena Corinthians. Internamente, porém, há uma recomendação para que os jogadores evitem cair em provocações dos croatas.

Foi passado ao grupo que o árbitro do jogo, o japonês Yuichi Nishimura não costuma marcar muitas faltas. Contra Sérvia, no amistoso sexta-feira, a Seleção já havia se queixado de infrações não assinaladas. Os sérvios fizeram revezamento de faltas em Neymar e o atacante, em certos momentos, acenou revidar.


O técnico Luiz Felipe Scolari pediu os comandados para controlarem os nervos, com o intuito de evitar cartões por reclamação.

O juiz que apitará a estreia do Brasil foi o mesmo que esteve em campo na eliminação da equipe dirigida por Dunga na Copa de 2010. Na ocasião, os brasileiros foram derrotados por 2 a 1 pela Holanda. O volante Felipe Melo chegou a ser expulso.