icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
18/02/2015
19:41

No estádio St. Jakob Park, na Suiça, o Porto conseguiu um importante resultado no jogo de ida das oitavas-de-final da Liga dos Campeões. Contra o Basel, os Dragões saíram atrás, foram atrapalhados pela arbitragem e empataram em 1 a 1. O atacante González, na etapa inicial, abriu o placar para os suiços, e Danilo, na segundo tempo, deixou tudo igual em cobrança de pênalti.

O duelo de volta está marcado para o dia 10 de março. A partida acontecerá em Porto, no estádio do Dragão, e definirá quem alcançará as quartas-de-final da maior competição de clubes do planeta. Com o resultado desta quarta-feira, os dois times jogam por qualquer vitória no jogo de volta. O empate em 0 a 0 favorece o Porto, já qualquer empate a partir de 2 a 2 dá a vaga ao Basel.

UMA CHANCE E BASEL NA FRENTE

Nos primeiros minutos, a bola praticamente só passou pelos pés de Danilo, Jackson Martínez & Cia. Porém, apoiado por sua barulhenta torcida, foi o Basel quem abriu o placar. Aos 11, Fabian Frei lançou da intermediária González. O atacante paraguaio dominou, ganhou na corrida de Alex Sandro e, de biquinho, fez 1 a 0. Porém, o autor do gol não pode celebrar por muito tempo. Na hora do chute, González chocou-se com o goleiro Fabiano e deixou o campo minutos depois lesionado.

A equipe portuguesa sentiu o gol sofrido. Até os 35 minutos, o duelo ficou morno, sem chances para  nenhuma equipe. O Basel se posicionou ainda mais atrás e, bem organizado, não era pressionado. Já o Porto só mostrou reação no fim da etapa inicial, mas não obrigou o goleiro Vaclík a fazer grandes defesas.

ARBITRAGEM ATRAPALHA, MAS PORTO EMPATA

A partida reiniciou com o Porto pressionando. Aos três minutos, Tello cobrou escanteio, Maicon desviou e Casemiro mandou para os fundos das redes. Por alguns minutos, os jogadores do Porto celebraram, o juíz confirmou o empate mas quando o Basel ia sair com a bola, o árbitro, indicado por seus assistentes, voltou atrás e marcou impedimento, para desespero dos jogadores.

O clima ficou quente dentro do campo. Apesar das muitas faltas, das duas equipes, o Porto cresceu e quase chegou ao empate em finalização de Tello. Depois, foi Jackson Martínez quem desperdiçou uma ótima chance. O colombiano tentou encobrir o goleiro e a bola saiu por cima do gol.

Depois de tanto insistir, o Porto fez. Samuel cortou cruzamento de Danilo com a mão e o pênalti foi marcado. O Porto reclamou da arbitragem mais uma vez, mas o zagueiro do Basel, que já tinha amarelo, não foi expulso. O próprio Danilo foi para a cobrança e, firme, e deu números finais à partida aos 32 minutos: 1 a 1.

FICHA TÉCNICA

BASEL 1 X 1 PORTO

Local-Data: St. Jakob-Park, Basileia, Suiça - 17/02/2015.
Árbitro: Mark Clattenburg (ENG).

Cartões amarelos: Fabian Frei (BAS), Casemiro (POR), Elneny (BAS), Torres (POR), Alex Sandro (POR), Samuel (BAS), Gashi (BAS), Suchý (BAS) e Danilo (POR).
Cartões vermelhos: Não houve.

Gols: González 1-0 (11"/1ºT), Danilo 1-1 (32"/2ºT).

BASEL: Vaclík; Xhaka, Suchý, Samuel e Safari; Fabian Frei, Elneny e Zuffi; González ( Calla, 23"/1ºT), Gashi (Hamoudi, 37"/2ºT) e Streller (Embolo, 18"/2ºT). Técnico: Paulo Sousa.

PORTO: Fabiano; Danilo, Maicon, Marcano e Alex Sandro; Casemiro, Herrera e Óliver Torres (Ruben Neves, 22"/2ºT); Brahimi (Quaresma, 15"/2ºT), Tello (Quintero, 35"/2ºT) e Jackson Martínez. Técnico: Julen Lopetegui.