icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
03/02/2015
12:55

O latera-esquerdo Pará foi apresentado no início da tarde desta terça-feira na Toca da Raposa II, logo após o treino da manhã. Ele vestiu a camisa do clube e disse, que mesmo com apenas 19 anos, não teme jogar em uma das potências do futebol brasileiro, a Libertadores e nem mesmo a concorrência.

- Estou preparado para o que der e vier. Sei que brigo por uma posição com grandes jogadores, como o Mena, que é da seleção chilena. Mas vou me dedicar ao máximo e buscar a vaga, sempre respeitando os meus companheiros, é claro. E a Libertadores é um grande desafio - disse o jogador, que é o quarto lateral-esquerdo do elenco, que conta, além dele e de Mena, com Breno Lopes e Gilson.

Ele não escondeu na alegria por ter sido aprovado para  defender o clube mineiro:  

- Cheguei para jogar um clube grande, de torcida gigante, muito estruturado. Fiquei feliz demais ao saber que o Cruzeiro gosta do meu futebol e ter me contratado. Quero apresentar meu futebol e ajudar o grupo a buscar títulos.

E MAIS:
> Willians é confirmado como o nono reforço do Cruzeiro
> Henrique descartado: Leandro Almeida volta a interessar
> Marcelo Oliveira é só elogios para Neilton

O supervisor de futebol Benecy Queiroz, que apresentou o jogador à imprensa, disse que a contratação foi mais um tiro certo do bicampeão brasileiro em razão do imenso potencial que Pará tem.

- Com o Pará estamos ampliando a nossa lista de craques. Temos o prazer de apresentar mais um grande jogador que está totalmente dentro da nossa política: ele  é um jovem valor de Seleção sub-20. Fará  muito sucesso e nos trará  valor. E é mais um exemplo do que o nosso presidente pediu, que é colocar toda a arrecadação retornando para o futebol e em jogadores com potencial - disse.

Benecy também divulgou que o Cruzeiro, na negociação com o Bahia, ficou com 100% dos direitos federativos e 50% dos direitos econômicos do jogador. O valor do negócio não foi divulgado, mas na transação a Raposa também emprestou o volante Souza, pagando todo o salário.

Antes da coletiva, Pará participou do treinamento que Marcelo Oliveira fez com os jogadores reservas que não participaram da vitória  de domingo contra o Democrata de Governador Valadares. Ele vem mostrando muita desenvoltura, supreendendo pela velocidade e técnica.