icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
27/07/2014
10:04

O Santos venceu a Chapecoense por 3 a 0 na noite deste sábado e viu seu ataque desencantar. Com gols de Rildo, Gabriel e Diego Cardoso, o Peixe garantiu três pontos e uma vaga no G4 e agora aguarda o término da rodada. Gabigol exaltou seu time, após a primeira goleada no Brasileirão.

Se no Paulistão o Alvinegro teve o melhor ataque e aplicou diversas goleadas, agora a equipe tem a segunda melhor defesa do Brasileiro, com apenas seis gols sofridos.

- Nosso time tem muito o que dar, tem que treinar bastante e tem Copa do Brasil pela frente. Estou em casa, estou feliz, fizemos um belo jogo. A gente vinha de três vitórias, nosso time está muito bem. Perder lá para o Fluminense não é demérito, lá tivemos chance mas não teve gol - disse.

No estilo Karatê Kid, Gabigol comemora com "golpe da garça"

Sobre a seca de gols que o ataque passava, já que não balançava as redes desde antes da parada para a Copa do Mundo, Gabriel amenizou e afirmou que marcar gols não era uma obsessão dos homens de frente do time.

- Nunca foi obsessão dos atacantes fazerem gols. Ganhamos clássico sem gols dos jogadores que não são atacantes, mas é claro que quando sai a gente fica mais leve e confiante.

Titular do Santos, David Braz elogiou o trabalho dos atacantes santistas também na marcação.

- Trabalham bem a gente, pessoal lá da frente ajuda na marcação, não é só zaga. Nosso esquema é esse, defender e atacar bem. Hoje eu e o Bruno começamos jogadas do primeiro e segundo gol - revelou.

O Santos voltará a jogar na próxima quinta-feira, contra o Londrina, no Paraná, pela terceira fase da Copa do Brasil.

Com boa atuação de Thiago Ribeiro, Santos vence a Chapecoense