icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
24/07/2013
11:25

Tite, enfim, admite que foi sondado pela Inter de Milão em abril, durante a Copa Libertadores. Três meses depois, o técnico do Corinthians, que na época limitou-se a dizer que não havia sido procurado por "nenhum diretor do clube italiano, agora abre o jogo e diz que a possibilidade chegou até o seu ouvido:

- Houve uma busca através de uma pessoa da comissão técnica, para nos reunirmos, sentarmos e vermos a possibilidade e o interesse de ir. Eu disse que não conversava, pela Libertadores da América, que era um objetivo forte. Não ia conseguir ficar focado e não ia me sentir bem comigo mesmo - disse ele, ao programa Cartão Verde, da TV Cultura, na noite de terça-feira.

Quando a notícia veio à tona, o treinador concedeu uma entrevista coletiva no CT e em nenhum momento classificou o fato como mentiroso, limitando-se apenas a dizer que nada oficial havia chego do clube milanês. Na ocasião, a imprensa do país dizia acreditar que o gaúcho estivesse sendo usado por algum empresário do país para uma tentativa de negócio, mas sem a interferência dos dirigentes do clube.

O contrato de Tite com o Timão vai até dezembro e a diretoria já admite o desejo de renovação. Já a Inter de Milão, em maio, contratou o técnico italiano Walter Mazzarri no lugar de Andrea Stramaccioni. Ele havia sido vice-campeão italiano pelo Napoli.

Tite, enfim, admite que foi sondado pela Inter de Milão em abril, durante a Copa Libertadores. Três meses depois, o técnico do Corinthians, que na época limitou-se a dizer que não havia sido procurado por "nenhum diretor do clube italiano, agora abre o jogo e diz que a possibilidade chegou até o seu ouvido:

- Houve uma busca através de uma pessoa da comissão técnica, para nos reunirmos, sentarmos e vermos a possibilidade e o interesse de ir. Eu disse que não conversava, pela Libertadores da América, que era um objetivo forte. Não ia conseguir ficar focado e não ia me sentir bem comigo mesmo - disse ele, ao programa Cartão Verde, da TV Cultura, na noite de terça-feira.

Quando a notícia veio à tona, o treinador concedeu uma entrevista coletiva no CT e em nenhum momento classificou o fato como mentiroso, limitando-se apenas a dizer que nada oficial havia chego do clube milanês. Na ocasião, a imprensa do país dizia acreditar que o gaúcho estivesse sendo usado por algum empresário do país para uma tentativa de negócio, mas sem a interferência dos dirigentes do clube.

O contrato de Tite com o Timão vai até dezembro e a diretoria já admite o desejo de renovação. Já a Inter de Milão, em maio, contratou o técnico italiano Walter Mazzarri no lugar de Andrea Stramaccioni. Ele havia sido vice-campeão italiano pelo Napoli.