icons.title signature.placeholder Thiago Fernandes
03/06/2014
09:01

Wallace teve parte de seus direitos econômicos adquiridos pelo GestiFute, grupo chefiado pelo empresário lusitano Jorge Mendes, responsável por agenciar a carreira de Cristiano Ronaldo. A negociação de uma fatia do zagueiro o deixa próximo de grandes clubes europeus, como Liverpool (ING), Monaco (FRA) e Valencia (ESP). Ele, no entanto, evita comentar esta situação.

Destaque da Seleção Brasileira sub-21 no Torneio de Toulon, o defensor retornou ao Brasil na noite dessa segunda-feira. Ele ainda explicou que não tem conhecimento das situações que envolvem o Cruzeiro e os seus representantes.

– Quando a gente está viajando, fica sabendo de pouca coisa. Saem muitas notícias na imprensa, na internet, e a gente mesmo não fica sabendo das situações. Eu não tive nenhum contato com ninguém, mas agora, chegando de folga, devo ficar por dentro disso tudo – disse o zagueiro cruzeirense, que ainda completou:

– De fato, até a mim, não chegou nada. Tenho lido muito sobre especulação, mas até agora não chegou nada até a mim. Vou aproveitar o momento de folga para apurar o que tem em relação a isso.

Na última semana, o LANCE!Net revelou que, durante a visita do ex-jogador Deco à Toca da Raposa 2, em setembro do ano passado, ele esteve incumbido de adquirir uma parte dos direitos de Wallace para o GestiFute. O atleta, porém, negligencia a situação.

– A gente está sempre conversando com grandes profissionais do futebol. Temos que estar atentos ao mercado. Sobre a situação financeira, eu não posso falar muito, porque não sei de nada – concluiu.