icons.title signature.placeholder Daniela Caravaggi
31/03/2014
20:50

Após rumores de que não entraria mais na Justiça Comum para recorrer da decisão do STJD no caso Héverton, o presidente do departamento Jurídico do clube do Canindé, Orlando Cordeiro de Barros, afirmou que a Lusa não desistiu de sua posição e abandonará de vez o ambito esportivo ainda nesta semana para tentar reverter o caso.

- Permanece o que eu disse no primeiro dia: a Portuguesa entrará na justiça nesta semana. O que aconteceu foi que o Ilídio tentou fazer com que a Portuguesa arrecadasse algum dinheiro para pagar algumas dívidas, tentar uma composição sem que entrasse no judiciário, e isso não foi possível - disse o Orlando, ao LANCE!Net.

Na última rodada do Campeonato Brasileiro do ano passado, o meia Héverton da Portuguesa foi escalado irregularmente na partida contra o Grêmio. O caso foi parar na justiça desportiva, que condenou o clube a perder quatro pontos no Nacional. Com isso, o clube foi rebaixado à Série B.

Segundo o site da ESPN, o presidente da Lusa estava estudando a possibilidade de desistência porque a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) não ajudaria o clube financeiramente caso ele tentasse a permanência na Série A.