icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
27/03/2014
11:18

Após os comentários do ex-médico da Fórmula 1 Gary Harstein, que disparou que é hora de todos se prepararem para o pior no caso de Michael Schumacher, circularem por todo o mundo, a assessoria de imprensa do ex-piloto não deu detalhes da condição do alemão, mas reafirmou a confiança em sua recuperação. Schumi segue internado no Hospital Universitário de Grenoble, na França.

- O que eu disse na minha última declaração segue sendo verdade. Nós continuamos confiantes de que Michael (Schumacher) vai superar tudo isso e acordar. Nós estamos lutando por isso junto com um time de médicos no qual confiamos - disse Sabine Kehm, assessora do heptacampeão da F-1, ao diário alemão "Bild".

Schumacher está perto de completar três meses em coma no hospital francês. O ex-piloto sofreu um acidente no fim do mês de dezembro, enquanto esquiava nos alpes franceses. Os sedativos dele já foram removidos, mas ele segue desacordado.