icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
11/07/2013
12:21

A vitória sobre o América-MG marcou um ponto importante para o zagueiro Jackson. Após uma série de problemas no meio-campo, o técnico Dunga optou por improvisar o jogador como volante, algo que já vinha testando nos treinamentos. O primeiro tempo foi de derrota para os mineiros, mas a virada veio com três gols no segundo tempo. O comandante elogiou o jovem, que fez seu primeiro jogo como titular em 2013.

- Ele (Jackson) vinha treinando bem durante a semana, perdemos o Airton e o Willians. A presença dele ia dar liberdade aos laterais. O jogo não encaixou e tivemos que mudar para o segundo tempo - comentou Dunga após a partida.

Jackson também atuou 45 minutos na vitória no amistoso contra o Cerro de Montevidéu (2 a 1) e sete minutos no triunfo (5 a 3) diante do Vasco na última rodada do Brasileirão. Pelo Inter, são 13 confrontos e um gol marcado, contra o Atlético-MG, no ano passado. O Colorado volta a campo no sábado, diante do Fluminense, pelo Brasileirão. O zagueiro, que atua também na lateral e agora como volante, afirmou que sentiu a falta de ritmo de jogo no início da partida, mas avaliou sua estreia como titular na temporada como boa. Jackson ficou parado durante parte da pré-temporada, por conta de uma lesão no joelho esquerdo em janeiro.

- O Inter mostra que a cada partida está crescendo e está mais maduro. Conseguimos nos recuperar dentro do jogo, pois não poderíamos sair com um placar adverso em casa. Esse time, além de técnica, tem muita alma. Espero continuar ajudando no que for pedido pelo Dunga e na posição que ele precisar - afirmou o polivalente jogador.

A vitória sobre o América-MG marcou um ponto importante para o zagueiro Jackson. Após uma série de problemas no meio-campo, o técnico Dunga optou por improvisar o jogador como volante, algo que já vinha testando nos treinamentos. O primeiro tempo foi de derrota para os mineiros, mas a virada veio com três gols no segundo tempo. O comandante elogiou o jovem, que fez seu primeiro jogo como titular em 2013.

- Ele (Jackson) vinha treinando bem durante a semana, perdemos o Airton e o Willians. A presença dele ia dar liberdade aos laterais. O jogo não encaixou e tivemos que mudar para o segundo tempo - comentou Dunga após a partida.

Jackson também atuou 45 minutos na vitória no amistoso contra o Cerro de Montevidéu (2 a 1) e sete minutos no triunfo (5 a 3) diante do Vasco na última rodada do Brasileirão. Pelo Inter, são 13 confrontos e um gol marcado, contra o Atlético-MG, no ano passado. O Colorado volta a campo no sábado, diante do Fluminense, pelo Brasileirão. O zagueiro, que atua também na lateral e agora como volante, afirmou que sentiu a falta de ritmo de jogo no início da partida, mas avaliou sua estreia como titular na temporada como boa. Jackson ficou parado durante parte da pré-temporada, por conta de uma lesão no joelho esquerdo em janeiro.

- O Inter mostra que a cada partida está crescendo e está mais maduro. Conseguimos nos recuperar dentro do jogo, pois não poderíamos sair com um placar adverso em casa. Esse time, além de técnica, tem muita alma. Espero continuar ajudando no que for pedido pelo Dunga e na posição que ele precisar - afirmou o polivalente jogador.