icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
23/07/2013
14:42

Após quase quatro horas de espera no Aeroporto de Cumbica, em São Paulo, o Santos finalmente conseguiu embarcar para Goiás, onde enfrenta o Crac, nesta quarta-feira, pela terceira fase da Copa do Brasil.

O atraso aconteceu por conta do mau tempo, que fechou temporariamente o aeroporto de Uberlândia, onde o Peixe desembarcará. De lá, o elenco alvinegro seguirá de ônibus até Catalão, local da partida.

Por conta do atraso, o treino previsto em Catalão, na Associação dos Empregados Fosfertil, às 16h, já foi cancelado. Assim, a escalação alvinegra para o duelo desta quarta é incerta, já que Montillo, Cícero, Edu Dracena e Léo foram poupados e ficaram na Baixada Santista.

Após empatar a partida de ida por 1 a 1, o Santos precisa de uma vitória simples ou de um empate por dois ou mais gols para se classificar para as oitavas de final da competição. Se for eliminado, o Peixe disputará a Copa Sul-Americana.

Após quase quatro horas de espera no Aeroporto de Cumbica, em São Paulo, o Santos finalmente conseguiu embarcar para Goiás, onde enfrenta o Crac, nesta quarta-feira, pela terceira fase da Copa do Brasil.

O atraso aconteceu por conta do mau tempo, que fechou temporariamente o aeroporto de Uberlândia, onde o Peixe desembarcará. De lá, o elenco alvinegro seguirá de ônibus até Catalão, local da partida.

Por conta do atraso, o treino previsto em Catalão, na Associação dos Empregados Fosfertil, às 16h, já foi cancelado. Assim, a escalação alvinegra para o duelo desta quarta é incerta, já que Montillo, Cícero, Edu Dracena e Léo foram poupados e ficaram na Baixada Santista.

Após empatar a partida de ida por 1 a 1, o Santos precisa de uma vitória simples ou de um empate por dois ou mais gols para se classificar para as oitavas de final da competição. Se for eliminado, o Peixe disputará a Copa Sul-Americana.