icons.title signature.placeholder Alexandre Araújo
icons.title signature.placeholder Alexandre Araújo
05/07/2013
19:08

O volante Renato vai entrar na Justiça contra o Flamengo. O jogador não acatou a notificação do Rubro-Negro, que pediu que ele se reintegrasse ao clube para treinar separadamente, e pretende acionar não só no âmbito trabalhista, uma vez que as atitudes da diretoria mexeram também com a sua imagem.

No último dia 17, o Flamengo anunciou que o contrato de Renato havia sido rescindido de forma unilateral. Com isso, o clube teria de arcar com o montante do salário do jogador até o fim do contrato, em dezembro deste ano. A dívida, então, ficaria em torno de R$ 1,7 milhão.

Porém, a diretoria propôs um abatimento no valor, descartado pelas partes que defendem os interesses de Renato. Estes, chegaram a aceitar um parcelamento do valor, mas a cúpula, ainda assim, queria um abatimento. O impasse se estendeu e, segundo o LANCE!Net apurou, o departamento jurídico teve a ideia de reintegrar o jogador ao clube para treinar separadamente do elenco, assim como faz o zagueiro Alex Silva, que ainda tem o contrato com o clube em vigor.

O volante Renato vai entrar na Justiça contra o Flamengo. O jogador não acatou a notificação do Rubro-Negro, que pediu que ele se reintegrasse ao clube para treinar separadamente, e pretende acionar não só no âmbito trabalhista, uma vez que as atitudes da diretoria mexeram também com a sua imagem.

No último dia 17, o Flamengo anunciou que o contrato de Renato havia sido rescindido de forma unilateral. Com isso, o clube teria de arcar com o montante do salário do jogador até o fim do contrato, em dezembro deste ano. A dívida, então, ficaria em torno de R$ 1,7 milhão.

Porém, a diretoria propôs um abatimento no valor, descartado pelas partes que defendem os interesses de Renato. Estes, chegaram a aceitar um parcelamento do valor, mas a cúpula, ainda assim, queria um abatimento. O impasse se estendeu e, segundo o LANCE!Net apurou, o departamento jurídico teve a ideia de reintegrar o jogador ao clube para treinar separadamente do elenco, assim como faz o zagueiro Alex Silva, que ainda tem o contrato com o clube em vigor.