icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
13/12/2013
23:41

A partida entre Unilever e Brasília Vôlei, nesta sexta-feira, reuniu no Ginásio do Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro, algumas das maiores contratações da atual temporada da Superliga Feminina. Embora as mais consagradas estivessem no time da capital federal, como Érika, Paula Pequeno e Elisângela, foi a juventude de Gabi, Carol, Sarah Pavan e Mihajlovik que levou a melhor. Após um início difícil, o time de Bernardinho venceu por 3 sets a 1, parciais de 21-18, 22-24, 21-13 e 21-11.

Com o resultado, a Unilever chegou a 26 pontos e se manteve na vice-liderança. Já o Brasília, que tem 15, permaneceu na quinta colocação.

Mostrando evolução a cada rodada, o time de Brasília fez um duelo de igual para igual com as donas da casa nos primeiros sets, com boas atuações de Érika e Elisângela. Aos poucos, porém, o bloqueio carioca começou a se impor, a ponto de neutralizar as principais jogadas das adversárias. A recepção das meninas de Sérgio Negrão mostrou falhas graves no quarto set, quando a Unilever chegou a abrir 10 a 1.

Apesar do brilho das jovens do time carioca, foi uma veterana quem levou para cara o Troféu VivaVôlei. A levantadora Fofão, de 43 anos, foi escolhida pela comissão técnica a melhor jogadora em quadra. A maior pontuadora foi Mihajlovik, com 18 acertos. Pela equipe visitante, Érika anotou quatro a menos.

Na próxima terça-feira, a Unilever encara o Vôlei Amil, às 21h, no Maracanãzinho. Já o Brasília mede forças com o Sesi no mesmo dia, às 20h, no Sesi Taguatinga.